Incêndio atinge Parna Jaú e ICMBio pede apoio para combater o fogo

Manaus (AM) – Um incêndio de grandes proporções atinge desde o último domingo (25) as florestas do Parque Nacional do Jaú, uma das maiores e mais antigas Unidades de Conservação do país, localizado no norte do Amazonas. Até o momento, uma área equivalente a 20 campos de futebol já queimou, segundo Heitor Pinheiro, da organização Fundação Vitória Amazônica, com sede em Manaus.

Flagrante do incêndio em 27 de setembro, no Parna do Jaú, no Amazonas (Foto: Reprodução/Redes sociais) – Postada em: Amazônia Real

Nesta terça-feira (27), uma funcionária do núcleo de gestão integrada do ICMBio, com sede no município de Novo Airão, fez um apelo a organizações parceiras que atuam na Amazônia pedindo uma embarcação tipo recreio para dar apoio aos brigadistas que prestam serviço para o órgão federal para uma área de difícil acesso. “Estamos com uma emergência ambiental e convoco os parceiros para nos socorrer”, disse ela, em mensagem em grupos de rede social.

Nesta quarta-feira, a FVA cedeu um barco tipo recreio para ajudar o ICMBio no acesso às áreas mais difíceis do Parna Jaú. Até então, o combate ao incêndio estava sendo feito por cerca de 30 pessoas da brigada. Eles percorriam, de voadeira, 40 quilômetros da base do ICMBio, na foz do rio Jaú, até o local do incêndio, numa viagem que leva quase duas horas.

A assessoria de imprensa do Bombeiros do Amazonas informou que na segunda-feira o órgão foi acionado para também dar apoio aos brigadistas e enviou mão de obra e equipamentos mínimos e necessários.

Fabiano Silva, diretor da FVA, afirmou à Amazônia Real que a fumaça já chegou à comunidade mais próxima, Seringalzinho, onde vivem famílias ribeirinhas, mas que o fogo ainda está longe para afirmar se ameaça chegar até as comunidades que se localizam dentro do Parna. Ele lembrou que a área incendiada é a mesma que, no final de 2015, também foi atingida por um incêndio de grande proporção e que só cessou com água da chuva.

ÍNTEGRA DO TEXTO DISPONÍVEL EM: AMAZÔNIA REAL 

Relacionadas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: