Rios atingem cota de inundação severa no Norte do país

Corroborando com as previsões hidrológicas do Sistema de Alerta Hidrológico (SAH) do Amazonas, reforçadas no 2º boletim de alerta de cheias do dia 29 de abril, dois rios amazonenses atingiram a cota de inundação severa ao longo dos últimos dias: o Solimões, em Manacapuru, e Negro, em Manaus.

Postada em: SGB CPRM

No caso de Manacapuru, o Solimões vem subindo constantemente desde fevereiro – o que é esperado para essa época do ano. No entanto, a cota de inundação para a cidade, que marca 18,2 metros, foi ultrapassada no dia 9 de abril. Um mês depois, na madrugada desta segunda-feira (9), a cota de inundação severa foi atingida.

Em Manaus, local onde o Rio Negro também estava acima do nível de inundação desde o começo do último mês, a cota de inundação severa, estipulada em 29 metros para a região, foi atingida na madrugada do último sábado (7).

Alerta na Região Sul

Na região Sul, no município de Itaqui, o Rio Uruguai ultrapassou a cota de inundação de 8,3 m na madrugada de sábado (7). Já na tarde do dia seguinte, atingiu a marca de 8,5 metros em Uruguaiana, transbordando também no município da região oeste do Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina, o Rio Canoas, nascente do Rio Uruguai, permanece acima da cota de inundação no município de Bocaina do Sul, desde a última quarta-feira (4), até ontem, onde o nível da água iniciou a ressecção e deve normalizar em breve. Em Otacílio Costa, o rio segue subindo e ultrapassou a marca de 7 metros de altura; a cota de inundação para o município é de 6 metros.

Na cidade catarinense de Curitibanos, o Rio das Marombas ultrapassou, na última sexta-feira (6), o nível de inundação de 7 metros e continuou subindo ao longo dos dias seguintes, permanecendo estável – na faixa dos 10 metros – desde ontem.

Os dados são do Sistemas de Alerta Hidrológico (SAH) de cada bacia hidrográfica e, além de enviados às defesas civis, estão disponíveis no Sistema de Alerta de Eventos Críticos (SACE), plataforma desenvolvida pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM).

Rodrigo Fernandez
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil –  CPRM
Ministério de Minas e Energia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: