Ambiente é o Meio #26: Língua indígena proibida pelos portugueses é revitalizada na Amazônia

O podcast Ambiente é o Meio desta semana conversa com o físico George Borari. Professor na escola indígena Antônio de Sousa Pedroso, em Alter do Chão, no Pará, Borari fala sobre a importância do ensino do nheengatu, língua indígena intercultural que passa por um processo de revitalização.

Explica o professor, a língua nheengatu “pode fazer referência à Língua Geral Amazônica (LGA) e à Língua Geral Paulista”, ambas derivadas de “uma língua que os portugueses não entendiam”. Mas, conta Borari, como “observavam e ouviam o que todos os indígenas falavam”, os portugueses aprenderam a linguagem e a manipularam “para a colonização, catequização, missões”.

Para os povos indígenas, a língua nheengatu é “muito significativa” porque retoma a sua origem, lembra o professor, afirmando que os antepassados desses povos foram “proibidos de falar a língua indígena, perseguidos e assassinados”. E na Amazônia, região onde é mais falada, ganha a “identidade amazônica” porque era o modo como os povos da região se comunicavam entre si, de acordo com registros históricos.

Atualmente, a língua passa por um processo de revitalização e de fortalecimento.  Após passar muitos anos adormecida e perder espaço para a língua portuguesa, Borari afirma que a língua nheengatu nunca deixou de ser falada no cotidiano dos povos indígenas e que existe uma herança linguística desses povos na cultura brasileira.

Borari também fala sobre o ensino do nheengatu nas escolas, que tem como objetivo valorizar e preservar a língua. Cita também Antônio de Sousa Pedroso, um professor que durante toda a sua vida colaborou para o desenvolvimento de Alter do Chão, sendo o pioneiro no campo educacional na região e que dá nome à escola onde trabalha.

Ambiente é o Meio

Produção e Apresentação: Professores Marcelo Marine Pereira de Souza e José Marcelino de Resende Pinto (ambos professores da FFCLRP)

Coprodução e Edição: Rádio USP Ribeirão

PUBLICADO POR:    JORNAL DA USP     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: