Defesa cria aplicativo Guardiões da Amazônia para denúncias de ilegalidade no meio ambiente

Brasília (DF), 1º/08/2020 – Cuidar do meio ambiente é tarefa de todos. Além do cuidado de cada um nessa preservação, é preciso estar atento, para que terceiros não abusem da natureza de forma irresponsável. Para possibilitar a interação entre sociedade e órgãos de fiscalização no combate a ilícitos ambientais, o Ministério da Defesa, por meio da 17ª Brigada de Infantaria de Selva – Brigada Príncipe da Beira, criou o aplicativo Guardiões da Amazônia.


Disponível para sistema Android, a plataforma permite registrar denúncias de ilícitos na Floresta Amazônica, como desmatamentos, queimadas e garimpos ilegais. Essas queixas podem ser feitas de forma anônima, bastando postar as fotos, observações e localização geográfica do local da denúncia. Após enviadas, os órgãos envolvidos vão apurar as denúncias.

Além disso, o aplicativo também dispõe de informações de Focos de Calor geradas por satélites. Este recurso pode ser muito útil para órgãos como o Corpo de Bombeiros. É formado por duas partes: Aplicativo Móvel, para uso da população, e Módulo Web, restrito aos órgãos de fiscalização, a fim de que possam acessar as denúncias feitas pelos usuários, as informações sobre focos de calor recebidas via satélite, e os alertas de desmatamentos, relatórios e gráficos.

O Guardiões da Amazônia foi desenvolvido no contexto da Operação Verde Brasil 2, coordenado pelo Ministério da Defesa, com o objetivo de reprimir delitos ambientais na Amazônia Legal.

Os aplicativos estão disponíveis para download em:

Link da loja (Android)

Link da loja (IOS)

Por Mariana Alvarenga
Foto: Agência Brasil

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.