Indígenas venezuelanos são levados para nova casa de acolhimento em Manaus

Cento e onze indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estavam abrigados na casa de acolhimento provisório na zona Leste da cidade de Manaus, no Amazonas, foram realocados. Essa é a terceira ação de transferência e a medida é para evitar a transmissão viral nas famílias. No total, 318 indígenas já foram transferidos.

Os indígenas foram transportados, seguindo os protocolos de higiene da OMS, Organização Mundial de Saúde. As famílias foram colocadas em apartamentos e passaram por uma triagem de saúde.

Profissionais da organização humanitária internacional, Médicos sem Fronteiras, realizaram atendimento clínico dos indígenas e verificaram a existência de possíveis sintomas do vírus.

Segundo o governo do Amazonas, os novos espaços de acolhimento provisório não serão divulgados para não expor os refugiados, seguindo as recomendações alinhadas em reuniões com os órgãos envolvidos no processo.

Agora são cinco novos espaços de acolhimento. Três deles implantados por causa da pandemia da Covid-19. Nesses locais, todos recebem atenção redobrada quanto à alimentação e higiene.

Sâmia Mendes

FONTE: EBC – RADIOAGÊNCIA NACIONAL

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: