Coronavírus: Polícia impede estrangeiro de ir à Serra do Divisor

No inicio da manhã desta sexta feira, 20, um cidadão inglês e um brasileiro natural do Rio de Janeiro foram impedidos pelas Polícias Civil e Militar e equipe da Saúde Municipal de Mâncio Lima, de seguir viagem até o Parque Nacional da Serra do Divisor, onde vivem centenas de famílias.

Serra do Divisor – Foto: https://www.ac24horas.com/

No caminho para o parque há também as Terras Indígenas dos Nawa e dos Nukini.

O delegado José Obetânio conta que na noite de quinta, 19, foi procurado pela Secretária Municipal de Saúde, Joice Gonçalves, que demonstrou preocupação com o embarque dos turistas para o Parque, então acionou também a Polícia Militar, que atuou em conjunto com a Civil para impedir que saíssem do Porto no Rio Japiim.

“Nesse momento de pandemia de Covid-19 também estamos agindo dando suporte ao pessoal da saúde”, explica o delegado.

Para entrar no Parque os turistas devem ter autorização do ICMBio e do Exército sendo que a dupla não fez tal procedimento e contratou barqueiro para seguir viagem ainda no escuro, as 4 da manhã, para evitar fiscalização.

A preocupação da secretária de Saúde de Mâncio Lima, Joice Gonçalves, é com a possibilidade dos visitantes estarem contaminados pelo coronavírus e levarem a doença aos moradores do Parque e das terras indígenas. ” Temos que proteger essas populações “, afirmou ela.

A Fundação Nacional do Índio (Funai) só permite a ida de turistas brasileiros e estrangeiros às aldeias, mediante apresentação de exame negativo para coronavírus. Também orientou às lideranças que não recebam turistas até o final da pandemia de coronavírus.

Os dois turistas devem deixar o Vale do Juruá ainda nesta sexta, quando embarcarão no Aeroporto de Cruzeiro do Sul com destino ao Rio de Janeiro.

FONTE: https://www.ac24horas.com/

VER MAIS EM: https://www.ac24horas.com/2020/03/20/coronavirus-policia-impede-estrangeiro-de-ir-a-serra-do-divisor/   

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.