NOTA DA FUNAI – Suposta invasão de Terra Indígena no Amapá – ATUALIZAÇÃO (29/07)

A Coordenação Regional da Fundação Nacional do Índio no Amapá encaminhou para a presidência do órgão, no último sábado (27), memorando com informações sobre um possível ataque de garimpeiros à Terra Indígena Waiãpi.

Por se tratar de um local de difícil acesso, a Funai alertou os órgãos de segurança pública da área para se certificar da veracidade das informações.

Nesse domingo (28), após a chegada de servidores da Fundação, da Polícia Federal e do BOPE, foi aberto inquérito pela PF para apuração da causa da morte de um cacique que foi a óbito na semana passada e criado um gabinete de crise com os órgãos competentes: Funai, Ministério Público Federal, MP estadual, Polícia Federal, Secretaria de Justiça e da Segurança Pública do Amapá e Exército.

Também nesse domingo, o último relatório da equipe da PF em campo, registrado por volta de 23h, afirmou “não haver nenhum indício, até o momento, da presença de grupo (s) armado (s) no local”. De acordo com a equipe, “será feito um relatório pormenorizado, contendo até os pontos georreferenciados”.

Servidores da Funai encontram-se no local e acompanham o trabalho da polícia. Assim que tivermos informações oficiais sobre o caso, atualizaremos.

Ascom/Funai

NOTA DA FUNAI – Suposta invasão de Terra Indígena no Amapá

NOTA DA FUNAI – Suposta invasão de Terra Indígena no Amapá – ATUALIZAÇÃO (28/07)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*