PF deflagra operação para combater extração ilegal de madeira no Maranhão

PF deflagra operação para combater extração ilegal de madeira no Maranhão

São Luís/MA – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (01/11) a Operação Ka’apor, com o objetivo de combater a extração ilegal de madeira nas reservas indígenas Alto Turiaçu e Awá-Guajá, no município de Zé Doca/MA.

Policiais federais cumpriram dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 8ª Vara Federal de São Luís/MA. A ação foi realizada com o apoio do IBAMA, da FUNAI, do ICMBio e da Polícia Militar do Estado do Maranhão.

As apreensões realizadas totalizaram mais de 500 metros cúbicos de madeiras nobres, como piquiarana, mirindiba, cupiúba, barrote, tatajuba, timborana, barrote e jabotá, a maior parte em forma de toras in natura, havendo ainda madeira já beneficiada.

Foram interditadas quatro serrarias de grande porte e um pátio de depósito de madeira que funcionavam de forma clandestina, sem autorização de nenhum dos órgãos de fiscalização do meio ambiente.

A investigação foi iniciada no início deste ano e os investigados serão indiciados pela prática de crime ambiental, furto de madeira de propriedade da União, receptação na forma qualificada e formação de quadrilha, além de outros delitos que ficarem demonstrados no decorrer dos procedimentos.

Não haverá concessão de entrevista coletiva.

A Operação foi batizada de Ka’apor em referência a uma das etnias indígenas existentes no Maranhão. O termo “Ka’apor” significa “pegadas na mata”.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Maranhão

98-991286428

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.