Funai realiza ações de fiscalização conjunta para combate ao roubo de madeira em Terras Indígenas

Terra Indígena Parque Aripuanã (Mato Grosso e Rondônia)

 MADEIRA2

Uma ação de fiscalização na Terra Indígena Parque Aripuanã – divisa dos municípios de Juína-MT e de Vilhena-RO – flagrou a atuação ilegal de madeireiros, no dia 8 de junho. A operação foi idealizada pelo Ibama e articulada em parceria com a Funai e a Força Nacional. 

Três pessoas foram detidas em flagrante e devidamente identificadas e qualificadas. Os infratores serão multados e responderão civil e criminalmente pelos delitos. A participação de outros envolvidos não está descartada e será investigada em conjunto com a Polícia Federal.

No local, o qual já havia sido alvo de uma outra ação em março deste ano, foram apreendidos ainda dois tratores e uma caminhonete. Devido à dificuldade operacional e logística, os tratores foram inutilizados dentro da terra indígena. A caminhonete, todavia, foi encaminhada ao pátio do Ibama, em Juína.

Terra Indígena Karitiana (Rondônia) 

No dia 16, a operação realizada pela Funai, em parceria com a Polícia Militar Ambiental, apreendeu 80 m3 de madeira retirados da TI Karitiana entre União Bandeirantes e Jaci-Paraná, em Rondônia, a 90 km de Porto Velho. Após denúncia recebida pela Funai, a equipe abordou quatro caminhões que transportavam montante de madeira avaliado em R$ 25 mil.

A Polícia Ambiental apreendeu o material e deteve, além dos caminhoneiros, outros dois suspeitos que foram encontrados com várias toras de madeira na terra indígena. Todos foram conduzidos à Polícia Federal.

FONTE: FUNAI

Vagner Campos (Coordenação Técnica Local Juína I) e Ascom/Funai, com informações do G1.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.