Após três meses, Rio Juruá ultrapassa 4 metros em Cruzeiro do Sul

Após três meses abaixo dos quatro metros, o Rio Juruá, que vem sofrendo a pior estiagem dos últimos anos, voltou a subir e marcou 4,75 metros nesta quarta-feira (12) em Cruzeiro do Sul. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o aumento foi devido às constantes chuvas que foram registradas nas últimas duas semanas. 

O nível de quase 5 metros está dentro do esperado para o período de transição do verão para o “inverno amazônico”. Segundo o major Cláudio Falcão, do Corpo de Bombeiros, a região possui o maior índice de chuva de todo o estado.

“Esse aumento nos nível do Rio Juruá, e nos outros rios do estado, é em decorrência das chuvas nesse período de transição”, explica.

Apesar das constantes chuvas, o rio pode oscilar pelo período aproximado de uma semana até que se entre no inverno amazônico e se estabilize.“Ainda é precoce dizer que, a partir de agora, o rio vai só subir porque ainda estamos no período de transição, ou seja, o rio pode vazar como em outros lugares do estado”, destaca.

Entenda o caso
O Rio Juruá atingiu o nível histórico mais baixo já registrado em Cruzeiro do Sul desde 2011, ano em que o manancial começou a ser monitorado. Conforme medição do site da Agência Nacional de Águas (ANA), as águas marcaram 2,29 no dia 17 de setembro.

Fonte: G1 Acre

VER MAIS EM:    http://amazonia.org.br/

http://amazonia.org.br/2016/10/apos-tres-meses-rio-jurua-ultrapassa-4-metros-em-cruzeiro-do-sul/   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.