Ibama – Monitoramento ambiental de florestas tropicais é tema de curso internacional

O Ibama encerrou nesta sexta-feira (20/07) o V Curso internacional de Monitoramento de Florestas Tropicais, realizado em parceria pelo Ibama, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA). Desta vez, o curso formará técnicos do Panamá e El Salvador, da América Central. Durante o mês de julho, os técnicos puderam acompanhar o trabalho do Ibama no Centro de Sensoriamento Remoto (CSR) e aprenderam como é feito o monitoramento do desmatamento da Amazônia e como a fiscalização utiliza os mapas de indicativo de desmatamento nas ações em campo. 
Após o treinamento, que envolveu aulas teóricas e práticas, os técnicos poderão reproduzir o modelo de monitoramento utilizado no Brasil. Nesse processo de transferência de tecnologia, as instituições brasileiras repassam não apenas o conhecimento acumulado ao longo de 20 anos de experiência mas também os softwares e sistemas para que o trabalho possa ser desenvolvido nos países interessados em monitorar suas florestas.

Segundo o coordenador-geral de Monitoramento Ambiental, George Porto Ferreira, “O Ibama e o INPE desenvolvem os sistemas de monitoramento dos biomas há anos e são referência no assunto.  Quanto mais países possuírem sistemas de monitoramento em funcionamento, mais teremos garantias de florestas em pé no futuro”.

Esse curso, que faz parte de um programa de cooperação entre o Brasil e o Japão, em andamento há mais de dez anos que tem o objetivo de fornecer treinamento para outros países. O curso teve início no Centro Regional da Amazônia, do INPE, em Belém (PA), dia 02/07 e teve duração de 3 semanas.

FONTE : Ascom/Ibama –  Talitha Monfort Pires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.