Vale do Javari/AM – Equipe vai investigar suspeita de crimes entre índios korubo e kanamari

 Uma equipe composta por cinco membros da Fundação Nacional do Índio (Funai) e mais o coordenador da Frente de Proteção dos Índios Isolados, Fabrício Amorim, embarcou há oito dias para a Terra Indígena Vale do Javari, na região do município de Atalaia do Norte. A equipe vai investigar suspeitas de que índios korubo tenham matado três indígenas e duas crianças da etnia kanamari na região. Até aqui, não houve confirmações sobre o crime.

“A equipe da Funai e mais alguns índios da etnia kanamari estão em uma expedição para o suposto local do crime. Até agora foi confirmado que dois indígenas kanamari morreram, mas ainda não se sabe como. É comum boatos surgirem aqui, mas nada confirma que foram os korubo que mataram”, explicou o coordenador regional do Vale do Javari, Bruno Pereira

Segundo Pereira, as informações passadas pela equipe da Funai dão conta de que um indígena conseguiu escapar.  Ele explicou ainda que os índios korubo podem ter agido para se proteger, uma vez que são índios isolados e não sabem distinguir os populares dos indígenas.

“A rota dos kanamaris passa próximo à área dos korubo, que, ao contrário dos primeiros, vivem isoladamente no Vale do Javari, sem nenhum contato com a população das proximidades. Então eles não sabem distinguir quem é pescador, morador dali ou índio. Já a etnia kanamari tem contato com a população há mais de 100 anos. Eles andam armados, de bermuda, usam canos e passam na rota dos korubos, que podem ter feito esse contato e causado o conflito. Mas é tudo uma especulação”, apontou.

O coordenador declarou que a viagem até o Rio Curuena, tributário do Rio Jutaí, é longa. Antes de chegar ao local, a equipe da expedição ainda encontrará os índios kanamari, que residem no entorno do Vale do Javari, para ouvir os depoimentos dos indígenas. Em seguida, eles partem para o local do crime para tentar buscar vestígios na região como pegadas, manchas de sangue, cartuchos de bala e outros sinais deixados pelos korubos. 

“Se constatarmos que foram os korubos que mataram os dois indígenas, provavelmente vamos ter que interditar uma área do rio e manter um diálogo com a população e os kanamari. Isso pra proteger a região, porque se houver conflito, a reação pode ser violenta”, disse.

FONTE:  http://httpwww.d24am.com/amazonia/povos/equipe-vai-investigar-suspeita-de-crimes-entre-indios-korubo-e-kanamari/57235

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.