Museu no Pará abre mostra de arte rupestre amazônica

Já pensou em entrar em uma caverna no Pará que abriga pinturas rupestres de 12 mil anos atrás? E ainda, nesse passeio, encontrar um indígena que te explica direitinho a história dessas imagens?

Pois isso será possível a partir desta quarta-feira, mas dentro do Museu Emílio Goeldi, que fica em Belém (PA). No local, vai ser inaugurada uma exposição sobre arte rupestre amazônica. Óculos de realidade virtual irão ajudar o visitante a entrar no sítio arqueológico de Monte Alegre, que também fica no Pará. O local é considerado o mais antigo da região amazônica.

O evento faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que ocorre durante todo o mês de outubro de norte ao sul do país. A iniciativa é do Governo Federal com apoio dos governos estaduais e instituições científicas.

A arqueóloga e especialista em arte rupestre amazônica, Edithe Pereira, explica o que pode ser apreciado pelos visitantes.

O curador da exposição, Adriano Espinola, destaca um mapa que faz parte da exposição.

Se você não mora no Pará, mas quer saber mais sobre as pinturas rupestres amazônicas pode entrar no site do museu Emílio Goeldi. Se quer participar de alguma atividade da Semana da Ciência e Tecnologia é só acessar o site do evento semanact.mcti.gov.br

PUBLICADO POR:  RADIOAGÊNCIA NACIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: