MMA lança livro sobre espécies nativas com valor econômico da região Norte

O livro apresenta 159 espécies nativas que podem ser usadas na produção de medicamentos, alimentos, aromas, condimentos, corantes, fibras, forragens, óleos e ornamentos

Foto: Mariana Peretti/MMA

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou o livro “Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial – Plantas para o Futuro – Região Norte”, quarta publicação da série Biodiversidade.

O livro apresenta mais de 150 espécies nativas da Região Norte com valor econômico atual ou com potencial e que podem ser usadas de forma sustentável na produção de medicamentos, alimentos, aromas, condimentos, corantes, fibras, forragens como gramas e leguminosas, óleos e ornamentos. Entre os exemplos estão fibras que podem ser usadas em automóveis, corantes naturais para a indústria têxtil e alimentícias e fontes riquíssimas de vitaminas.

Produzido pelo Ministério do Meio Ambiente o livro contou com a colaboração e o esforço de 147 renomados especialistas de universidades, instituições de pesquisa, empresas e ONGs do Brasil e do exterior.

A publicação está disponível a todos gratuitamente em versão digital, no site do MMA.

Dentre os resultados práticos esperados com o livro podemos citar a difusão e ampliação do uso sustentável de espécies amazônicas na gastronomia regional e nacional; o incremento do interesse em pesquisas, o desenvolvimento e a inovação, inclusive por meio de programas de melhoramento genético vegetal voltados à obtenção de cultivos de frutas da Amazônia em plantios comerciais.

Outro ponto relevante de contribuição do projeto é a criação de cadeias produtivas e de valor para plantas frutíferas, medicinais e oleaginosas amazônicas, com foco nos mercados nacional e internacional.

“É a ciência trazendo conhecimento da biodiversidade brasileira. O Brasil é um país super biodiverso, mas pouco conhecido e esse livro vem mostrar a quantidade de oportunidades econômicas. Você olha aqui plantas que pouca gente conhece, mas é utilizada na região. A região utiliza de forma correta, mas o Brasil ainda não, e nem a indústria”, ressaltou o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite.

Série Biodiversidade

Os livros da série Biodiversidade vem sendo construídos desde 2004. Volumes dedicados às regiões Sul, Centro-Oeste e Nordeste já foram publicados.

As publicações da série levam em conta que a biodiversidade brasileira, composta por mais de 46 mil espécies vegetais conhecidas, representa um imenso potencial de uso, apesar de ainda ser pouco reconhecida e subutilizada. Um dos pilares fundamentais da Convenção da Diversidade Biológica é justamente o uso sustentável de espécies nativas, o que contribui para a conservação da biodiversidade e gera benefícios na cadeia de valor e na valorização da floresta em pé. O uso sustentável da biodiversidade nativa gera empregos, renda e desenvolvimento, auxiliando na inclusão social e no resgate da cultura e identidade da sociedade brasileira.

Clique aqui para acessar a publicação.

ASCOM MMA – Atualizado em 01/07/2022 14h19 – PUBLICADO POR: MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: