C-130 Hércules da FAB transporta usina de oxigênio e gerador para Oiapoque (AP)

Os equipamentos que chegaram no início da semana serão usados no atendimento de pacientes com COVID-19

Foto: FAB

Uma aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) transportou uma usina de oxigênio e um gerador para o município de Oiapoque, no estado do Amapá (AP), na última segunda-feira (15). O avião é operado pelo Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT) – Esquadrão Gordo.

O FAB 2476 decolou do Rio de Janeiro, às 8h50 (horário de Brasília) e pousou às 17h15 em Oiapoque (AP), um dos pontos mais extremos no Norte do País, localizado a 3.120 km (em linha reta) da capital carioca. Em termos comparativos, é um pouco mais longe do que a distância entre a Espanha e a Noruega, por exemplo. No total, foram 7h15 de voo, transportando uma carga de 7.229 quilos. Esses equipamentos foram encaminhados para o Hospital Estadual e serão usados no atendimento de pacientes com COVID-19.

“Agradeço a Força Aérea Brasileira por todo apoio logístico que vem nos dando nesse momento tão difícil”, disse o Secretário Adjunto de Gestão e Planejamento da Secretaria Estadual de Saúde do Amapá, Luciano Casali.

Foto: FAB

O Comando da Aeronáutica está dedicando permanentemente o esforço do seu efetivo e de suas aeronaves, 24 horas por dia e sete dias por semana, para atuar nas missões em atendimento às necessidades da sociedade brasileira no enfrentamento à pandemia da COVID-19. Entre a sexta-feira (12) e o último domingo (14), duas aeronaves, sendo um C-105 Amazonas e um C-130 Hércules, transportaram para Rio Branco (AC) e para Laranjal do Jari (AP), 50 cilindros de oxigênio e uma usina geradora de oxigênio, respectivamente.

Operação COVID-19
Por meio do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), a FAB cumpre as missões que têm como objetivo minimizar os impactos do novo Coronavírus no sistema de saúde. O Transporte Aéreo Logístico integra as ações da Operação COVID-19, acionada pelo Ministério da Defesa, em uma cooperação com o Ministério da Saúde.

Fotos: Sargento Marcelo Abreu / DTCEA-SBOI e Sargento Romulus / 1°/1°GT

Fonte: Agência Força Aérea

Edição: Agência Força Aérea – Revisão: Capitão Oliveira Lima

PUBLICADO EM:     FAB 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*