Produção sustentável é tema de reunião entre o presidente da Funai e agricultores indígenas do Mato Grosso

O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Xavier, recebeu nesta quarta-feira (23), em Brasília, uma comitiva de 13 lideranças indígenas das etnias Paresi, Nambikwara e Manoki, do estado do Mato Grosso, e Macuxi, de Roraima. O objetivo da reunião foi discutir parcerias, acesso a crédito e projetos de etnodesenvolvimento.

Presidente reuniao Paresi
Presidente da Funai, Marcelo Xavier, em reunião com agricultores indígenas do MT. Foto: Divulgação/Funai

“A Funai apoia a execução desses projetos nas aldeias e está aberta ao diálogo com as comunidades. É fundamental compatibilizar atividades que promovam a independência dos indígenas com o desenvolvimento sustentável, sempre respeitando a autonomia de cada povo”, ressaltou Xavier.

Presidente reuniao Paresi
Foto: Divulgação/Funai

Os Paresi são referência na produção de grãos no país, A área cultivada nas Terras Indígenas deste povo não chega a 2% do território demarcado. São 6.620 hectares de lavoura, de um total de 1,422 milhão de hectares, em sua maioria, de vegetação de cerrado nativo. “Nossas práticas agrícolas são realizadas de maneira correta e responsável. Além disso, desenvolvemos as técnicas sempre alinhados à nossa cultura”, pontuou Arnaldo Zunizakae.

O líder Genilson Paresi salientou que o principal objetivo dos projetos de etnodesenvolvimento é o bem social das comunidades. “O intuito é melhorar a qualidade de vida de nossas famílias, com ênfase na preservação do meio ambiente e dos nossos costumes”, enfatizou.

Já o diretor de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável da Funai, João Rosa, ressaltou que atividades como plantio, piscicultura e etnoturismo trazem diversos benefícios às etnias. “Além da questão econômica, todos esses projetos sustentáveis dão suporte às atividades sociais e culturais que são desenvolvidas dentro das Terras Indígenas”, afirmou.

Pela Funai, participaram também da reunião o assessor de Acompanhamento a Estudos e Pesquisas, Claudio Badaró, o assessor de Articulações com Coordenações e Comitês Regionais, Fabrício Magalhães, o assessor responsável por Assuntos Parlamentares, Antônio de Freitas, e o coordenador-geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento, Juan Felipe Negret Scalia.

Assessoria de Comunicação / Funai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.