SBPC-AM promove evento para discutir a Mineração na Amazônia

Gratuito e aberto a todos, o seminário será realizado nesta sexta-feira, 7 de fevereiro,  a partir das 8h, no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, em Manaus. 

A Secretaria Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência no Amazonas (SBPC-AM) realiza nesta sexta-feira (07), a partir das 8h, o seminário “Mineração na Amazônia: desafios e possibilidades”. O evento, que é gratuito e aberto a todos, contará com especialistas no assunto e grupos de discussões.

Segundo Pedro Rapozo, secretário regional adjunto da SBPC no Amazonas, este é o primeiro seminário de uma série definida pela SBPC-AM para estabelecer um diálogo entre a academia, o governo e a sociedade civil. “Vamos realizar um seminário por mês ao longo deste ano, com algum tema que envolva as questões da Amazônia”, explica. “O tema deste primeiro evento conta com uma pauta atual das políticas econômicas e governamentais e de interesse da sociedade civil. A mineração é uma questão que tem gerado muita discussão e nós, como SBPC, precisamos estabelecer este diálogo apresentando pesquisas realizadas na região”.

O seminário “Mineração na Amazônia: desafios e possibilidades” será dividido em duas partes. No período da manhã, será realizado um ciclo de palestras. Na parte da tarde, os participantes serão divididos em três Grupos de Trabalho (GT) que discutirão temas ligados às áreas de mineração. “A ideia é que a partir de cada GT a gente tenha uma diversidade de questões que envolvam a viabilidade econômica, a social e a ambiental”, explica.

O segundo seminário será realizado em março e terá como tema a segurança pública e a violência no Amazonas. “Ainda vamos definir a data, o local e o título”, afirma Rapozo.

O evento de amanhã será no auditório do Bosque da Ciência, no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, na Avenida André Araújo, 2936, no bairro Petrópolis, em Manaus.

Vivian Costa – Jornal da Ciência

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.