MPF repudia veiculação de áudio falso sobre conflito entre indígenas e caminhoneiros

Alerta foi feito por servidores da Funai da região de Juína, distante 757 km da capital de Mato Grosso

Arte retangular com fundo amarelo, que traz desenhos de folhas em traços, e a palavra "Indígena" escrita em amarelo claro, com grafismos brancos.
Arte: Secom/PGR

 

O Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso (MT), por meio do Ofício de Populações Indígenas, repudia a veiculação de um áudio falso informando que teria ocorrido conflito entre indígenas e caminhoneiros na região de Juara. O áudio chegou ao conhecimento do MPF na sexta-feira (6), por meio da Coordenação Regional da Funai em Juína.

No áudio, uma pessoa fala que houve um conflito armado entre caminhoneiros e indígenas em decorrência de um pedágio, bem como que haveria três caminhoneiros mortos a flechadas, além de indígenas feitos reféns. Pelo áudio, os caminhoneiros teriam bloqueado a rodovia e alguns indígenas estariam se deslocando para Cuiabá, de avião, para encontrar uma liderança para negociar.

Conforme informações repassadas pela Coordenação Técnica Local da Funai, unidade próxima do local do suposto confronto, foi confirmado que nada aconteceu. Ademais, não há pedágio indígena no local, tampouco pista de pouso.

O MPF ressalta que a produção e a multiplicação de notícias falsas podem acarretar a responsabilização judicial tanto na esfera criminal quanto cível. Um procedimento investigatório deverá ser instaurado para apurar a origem do áudio e a responsabilização do autor.

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal
Procuradoria da República em Mato Grosso
www.mpf.mp.br/mt
prmt-ascom@mpf.mp.br
(65) 3612-5083

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.