Diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro visita concessão florestal e Assembleia Legislativa em Rondônia

Durante a viagem, o diretor teve a oportunidade de conhecer toda a cadeia de produção de madeira dentro de uma concessão florestal.

Uma comitiva liderada pelo diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, Valdir Colatto, esteve na Floresta Nacional do Jamari

 

Uma comitiva do Serviço Florestal Brasileiro, capitaneada pelo diretor-geral, Valdir Colatto, visitou, dia 11/06, a Floresta Nacional de Jamari, em Rondônia. Lá, o diretor-geral teve a oportunidade de uma visita à primeira área de concessão em florestas nacionais.

Durante a visita, Colatto teve a oportunidade de conhecer as áreas de manejo e, também, uma área de pousio – uma gleba já explorada e que está em recuperação há oito anos – e constatar que a floresta está em plena recuperação.

O diretor conheceu toda a operação da concessionária, desde a floresta até a serraria e pôde constatar que toda a madeira retirada daquela floresta é rastreada, sendo possível localizar até o ponto exato de onde a árvore foi extraída, dentro da floresta.

O Serviço Florestal dispõe de um aplicativo pelo qual é possível detectar todo o caminho feito pela madeira. Compradores de madeira também podem usar o aplicativo, para ter certeza da origem legal da madeira que compram. Durante a visita, os técnicos do órgão puderam demonstrar a eficácia do aplicativo.

O diretor-geral viajou acompanhado pelo diretor de Concessão Florestal e Monitoramento, Paulo Henrique Carneiro, e pelo gerente executivo de Monitoramento e Auditoria Florestal, José Humberto Chaves.

Concessão X Grilagem

 

Durante a visita, os técnicos do órgão puderam demonstrar a eficácia do aplicativo do Sistema de Cadeia de Custódia

 

A política de concessão florestal, instituída pela Lei de Gestão de Florestas Públicas (Lei N° 11.284/2006), permite que os governos federal, estaduais e municipais gerenciem seu patrimônio florestal de forma a combater a grilagem de terras, evitar a exploração predatória dos recursos existentes, evitando, assim, a conversão do uso do solo para outros fins, como pecuária e agricultura, e promovendo uma economia em bases sustentáveis e de longo prazo.


Assembleia

Após a visita à Floresta Nacional de Jamari, Valdir Colatto reuniu-se, em Porto Velho (RO), com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, Laerte Gomes, e diversos deputados estaduais em um café da manhã, quando o diretor explicou aos presentes sobre as novas diretrizes do Serviço Florestal Brasileiro, desde a sua incorporação ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Durante a visita, o diretor-geral destacou a necessidade de se harmonizar e compatibilizar a produção agrícola com a conservação do meio ambiente. Ele enfatizou também que meio ambiente e agricultura precisam um do outro.

Collato falou, também, sobre as agendas do Serviço Florestal, entre as quais, o Inventário Florestal Nacional, as concessões de florestas públicas e a gestão nacional de instrumentos do Código Florestal Brasileiro, como o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e os Programas de Regularização Ambiental (PRA).

registrado em:

 

Contato para a Imprensa

Serviço Florestal Brasileiro
Assessoria de Comunicação
(61) 2028-7130/ 7155
imprensa@florestal.gov.br

Siga-nos no Twitter: sfb_florestal
Facebook: florestal.gov
Youtube: SFBflorestal 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.