A vegetação da BR-163

Criado no âmbito do Programa Nacional de Florestas, o Distrito Florestal Sustentável da BR-163 é uma experiência pioneira e importante no processo de desenvolvimento e manutenção da Amazônia. Participando da experiência desde a primeira hora e buscando dados para analisar sua viabilidade, o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) lançou o livro “Palmeiras do Distrito Florestal Sustentável da BR-163”. A publicação é um guia com 57 espécies dessas plantas  identificadas e mapeadas na região. Assista ao book trailer do livro, clique aqui, ou veja no canal do Museu Goeldi no YouTube

O guia foi elaborado pelas pesquisadoras Gleissiane Alves, Ana Luisa Albernaz e Maria Aparecida Lopes e é parte dos resultados do Projeto Integrado MCTI-Embrapa (PIME), que teve como objetivo avaliar a sustentabilidade de se implementar uma economia de base mais florestal na região, sob os aspectos sociais, ambientais e de produção..

Entendendo a região – O Distrito da BR-163 foi o primeiro DFS criado no Brasil. Ele está localizado no entorno da rodovia Cuiabá-Santarém, que cruza os estados do Pará e Mato Grosso. Nele estão 14 Unidades de Conservação (UC), totalizando uma área de 19 milhões de hectares. Os Distritos Florestais Sustentáveis (DFS) foram criados para tentar, ao mesmo tempo, conter o desmatamento e estimular o desenvolvimento local baseado em atividades de base florestal. Para isso, a definição da localização para implantação dos Distritos Florestais foi baseada três características: potencial florestal (existência de recurso florestal a ser manejado, conservado ou recuperado, em especial florestas públicas), vocação florestal (população vocacionada para o uso sustentável dos recursos florestais e existência de cadeias produtivas associadas) e condições logísticas.

Serviço

O livro “Palmeiras do Distrito Florestal Sustentável da BR-163” pode ser adquirido na Livraria do Museu Goeldi ou no site da instituição, clicando aqui.

Texto e book trailer: Victor Lopes

Agência Museu Goeldi

http://www.museu-goeldi.br/portal/content/vegeta-o-da-br-163

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.