Os Nazistas no Brasil: Fotografias dos Nazistas na Floresta Amazônica

Em janeiro de 2013 a Ecoamazônia postou neste site a matéria Nazistas na Amazônia – A história dos alemães que desembarcaram no Jari em 1935 para uma confusa e misteriosa expedição científica , hoje recebemos de um colaborador algumas fotos que ilustram o tema.

A história do nazismo no Brasil nunca foi bem contada. Ao que parece, nossos historiadores não se sentem atraídos a pesquisar sobre os interesses do Terceiro Reich nas terras de Vera Cruz. 

Não obstante a apatia dos pesquisadores brasileiros, os nazistas, é claro, estiveram por aqui, antes e depois da guerra; e eles deixaram rastros por todo o nosso território, até mesmo nos confins da floresta amazônica.

As fotografias dessa postagem são da expedição nazista à floresta amazônica conduzida por Gerd Kahle, Gerhard Krause, Joseph Greiner e o líder da expedição, Otto Schulz-Kampfhenkel,  entre 1935 a 1937, cuja envolvente história você pode ler nesta matéria da Revista Brasileiros: Nazistas na Amazônia.

nazismo_brasil

A expedição nazista singrando as águas do Rio Jari, no trecho navegável antes da cachoeira de Santo Antônio. Na popa da embarcação tremula a bandeira com a cruz suástica, símbolo do nazismo.

caboclos

Os alemães contrataram 30 caboclos da região do Jari para auxiliá-los nos trabalhos da empreitada. Nessa fotografia, aparecem alguns brasileiros que participaram da expedição nazista, homens acostumados a enfrentar as corredeiras e as cachoeiras do Rio Jari. Joseph Greiner é o que está agachado.

india

nazistas_1Um nazista colhe dados sobre os índios Aparaí

guia

Um experiente índio Aparaí foi contratado para servir de guia da expedição. Na proa da canoa podemos ver  poleiros improvisados, onde viajavam sossegadamente duas araras e três papagaios. Uma rústica esteira de arumã protege a carga.

lápide

Na lápide improvisada, o necrológio da cruz explica: “Joseph Greiner morreu aqui em 2/1/36, a serviço da pesquisa alemã, vitimado pela febre – Expedição Alemã do Jari, 1935-1937″.

hidroavião

O hidroavião “Seekadett”, apelidado de “Águia Marinha”, estacionado na rampa destinada a aviões anfíbios, na atual área ocupada pela Aeronáutica, em Belém. Os 3 alemães que chegaram à capital do Pará, em 1935, são vistos entre militares brasileiros.   

nazismo_1

barco

Uma das corredeiras do Rio Jari sendo transposta com muita dificuldade, durante a viagem até a Guiana Francesa

espolio

20090422160357_3159_original

20090422155857_3156_original

Dois membros da expedição nazista  no Brasil, remam sentados nos flutuadores do hidroavião. Os alemães pretendiam subir o Rio Jari na aeronave, desistindo de fazê-lo depois que conheceram melhor o trecho que precisariam transpor.

0,,17284162_401,00Com a tecnologia da época, os alemães gravaram a língua dos Aparaís

VER MAIS EM : http://www.ecoamazonia.org.br/2013/01/nazistas-amazonia-historia-alemaes-desembarcaram-jari-1935-confusa-misteriosa-expedicao-cientifica/    

VER TAMBÉM: https://jornalggn.com.br/noticia/a-expedicao-dos-nazistas-na-amazonia   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.