Políticos de Mato Grosso tentam intermediar, em Brasília, situação da Suiá Missú

Políticos do Mato Grosso estiveram em Brasília/DF, com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) em mais uma tentativa de solucionar a questão da área Suiá Missú, transformada em Terra Indígena do povo Xavante. O Ministro Carlos Ayres Britto alegou não poder atuar na questão, pois o Judiciário só se posiciona se for instado a fazê-lo.

A mídia regional relata da seguinte forma é encontro entre os políticos de Mato Grosso e o Ministro do STF:

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ayres Britto, não foi sensível ao apelo dos trabalhadores e trabalhadoras rurais da gleba Suia Missu, que estão prestes a ser despejados da demarcação feita pela Funai.

Suiá Missú: Silval, Cidinho e Baiano tentam reverter despejo junto ao STF

O ministro ouviu relato de produtores da região, do advogado e do governador Silval Barbosa, além do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado José Riva (PSD) e do senador Cidinho e do deputado Baiano Filho.

Brito disse que o judiciário é caracterizado pela inércia, ou seja, precisa ser convocado para tomar decisões. De acordo com o magistrado, os argumentos dos produtores rurais são completamente diversos dos argumentos da Funai, da AGU e da Casa Civil.

“O Sr [Silval] não é da base do governo? Então, eu sugiro que você busque um entendimento com a presidente [Dilma Rousseff], ligue para a ministra Gleisi Hofmann e peça a suspensão do despejo”, declarou Britto.

A colocação do ministro, que está prestes a se aposentar em 14 de novembro, causou surpresa aos participantes do encontro que não esconderam a decepção com a omissão do Poder Judiciário perante o grave problema fundiário.

Enquanto as tropas se dirigem para a região – http://juridico.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=Comboio_do_Exercito_segue_para_ajudar_na_desocupacao_da_Suia-Missu&edt=8&id=3985 – ocupada por cerca de cinco mil produtores rurais, o governador Silval Barbosa, parlamentares e produtores rurais buscam outra saída para evitar o conflito entre índios e não-índios na região.

FONTE : http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=Ministro_nao_intervem_sobre_Suia_Missu_e_manda_Silval_procurar_Dilma&edt=33&id=288572

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*