Operação do Ibama apreende tratores e motosserra em Novo Mundo/MT

Em ação fiscalizatória da Gerência Executiva do Ibama em Sinop, agentes ambientais federais apreenderam dois tratores (sendo um de esteira) e motosserra de infratores que agiam em Novo Mundo, entre Guarantã do Norte e Alta Floresta, região norte do Mato Grosso.

Foram lavrados sete autos de infração por corte de árvores em área de preservação permanente (APP), por exploração de floresta nativa sem licença, por venda de madeira ilegal e por porte ilegal de motosserra. As multas passam dos R$ 53 mil.

Segundo Rafael Sant’Anna, coordenador da ação, há um ano, uma equipe de fiscalização do Ibama fez uma operação no local, onde houve apreensão de caminhões carregados de toras de madeira e tratores. Nesta semana, o Ibama retornou ao local para verificar se a área continuava a ser explorada. Lá, foram constatadas novas clareiras. “Nesta incursão, descobrimos que um grupo de pequenos proprietários financiava a abertura de uma estrada de aproximadamente dez metros de largura por quatro quilômetros de comprimento. Além disso, aproveitaram o ensejo para vender as árvores com valor comercial que derrubaram antes de efetuar o desmate raso de toda a área, visando ao plantio de grama para criação de gado”, disse.

A ação se deu com o apoio do Núcleo de Operações Aéreas (NOA), do Ibama, que disponibilizou um helicóptero e quatro viaturas. A aeronave fez um voo de reconhecimento para identificar se havia exploração no local enquanto as equipes de terra aguardavam na saída do ramal (acesso vicinal à área). Sant’Anna explica que, como era previsto, o barulho do helicóptero fez com que os infratores se assustassem e se evadissem do local, passando justamente por onde estavam os agentes do Ibama prontos para detê-los.

Evandro Selva, gerente-executivo do Ibama em Sinop, informa que os autos de infração serão encaminhados ao Ministério Público e os infratores sofrerão as sansões criminais previstas.

Qualquer irregularidade percebida pelo cidadão pode ser denunciada ao Ibama através da Linha Verde, cujo número é 0800 61 8080. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar.

Fonte: Ibama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.