Prefeitura doa terreno a índios, no interior do Amazonas

Terreno doado pela prefeitura de Rio Preto da Eva terá capacidade para receber 250 famílias

No município de Rio Preto da Eva – a 80 quilômetros de Manaus -, uma área de 43 hectares doada pela iniciativa privada aos índios de sete etnias e que, recentemente,entrou no regime de demarcação da Fundação Nacional do Índio (Funai), foi invadida por famílias de sem-teto.

Para resolver a questão, o prefeito Fullvio Pinto (PPS) informou nesta quarta-feira (20), que decidiu doar uma área do município, equivalente a sete hectares, para a construção de um loteamento, com capacidade para receber 250 famílias, em lotes de 8×20.

O prefeito informou que está realizando um cadastramento, que já conta com 830 cadastrados.

Destes, será feita uma triagem para a seleção dos que serão contemplados com os terrenos.

Fullvio Pinto explicou que a área é contígua a dos índios, separada apenas pela área de preservação permanente do Igarapé Selvagem, que deverá manter protegidas as matas ciliares.

“Nossa intenção é instalar um muro que separe o loteamento da APP para garantirmos que não haverá contaminação por resíduos e dejetos”, afirmou.

Segundo ele, a invasão acabou acelerando o processo de loteamento da área.

Investimentos
A estimativa da prefeitura é de que sejam investidos R$ 3,5 milhões na instalação de infraestrutura urbana, a exemplo de abertura de ruas, instalação de calçadas, meio-fio, redes de esgoto, água e energia elétrica.

O prefeito vai pedir o apoio do Governo do Estado.

Fonte: A Crítica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.