Programa Amazônia Conectada do Exército Brasileiro leva internet ao norte do Brasil

Manaus (AM) – O Programa Amazônia Conectada (PAC), que une as unidades do Exército Brasileiro na região Amazônica Ocidental, tem garantido conectividade a milhares de pessoas. Na última semana, uma comitiva técnica do  Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) e convidados estiveram nos municípios de Novo Airão e São Gabriel da Cachoeira onde o programa está em execução.

Crédito: Cb Filho

A comitiva visitou alguns dos pontos de abrangência do PAC, iniciado em 2015. Ao todo já foram lançados 1.900 quilômetros de fibra ótica, que levam conectividade a organizações militares e Pelotões Especiais de Fronteira, à família militar, a unidades de saúde, a escolas e à população em geral.

“O Programa Amazônia Conectada é um programa pioneiro do Exército Brasileiro e na Amazônia. Inicialmente com foco na Defesa, o programa vem sendo ampliado também para a segurança, a educação e saúde. É com muita satisfação que chegamos aqui e verificamos os resultados in loco”, destacou o Vice-Chefe do DCT, o General de Divisão Luciano Guilherme Cabral Pinheiro.

O hospital da cidade de Novo Airão (AM) passou a realizar atividades de telemedicina após a chegada do Amazônia Conectada. “Costumo dizer que estávamos na era das cavernas antes da chegada da internet. Agora, nossos pacientes são atendidos via telemedicina por especialistas, entre eles, cardiologistas do Hospital Albert Einstein”, disse a diretora do hospital, Thayanne Azevedo.

Também em Novo Airão, os alunos da Escola Municipal Danilo de Mattos Areosa, agora, acessam programas como o ‘Acerta Mais Enem’ e materiais do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cmeam), entre outros materiais. Na Fundação Almerinda Malaquias turistas e estudantes utilizam o wi-fi, e professores realizam na unidade cursos livres de educação ambiental com pesquisas online.

Em São Gabriel da Cachoeira (AM), a comitiva teve instrução de como o PAC tem auxiliado as atividades no Exército, no município e impactado na melhoria de vida das famílias militares.

Entre os integrantes da comitiva estavam o Chefe de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) General de Divisão Pedro Paulo Levi Mateus Canazio, o Chefe do Centro Integrado de Telemática do Exército (CITEx) General de Brigada Jacy Barbosa Junior, Presidente da Claro José Félix, Presidente da EAF Leandro Guerra, Presidente da Telebrás Jarbas José Valente, Vice-Presidente Jurídico e Regulatório da Claro e GAISPI Oscar Petersen, Vice-Presidente de Assuntos Regulatórios da Vivo e GAISPI Camilla Tapias, Vice-Presidente de Assuntos Regulatórios e Institucionais da Tim e GAISPI Mário Girasole, Conselheiro da ANATEL Sr. Moisés Queiroz Moreira, Secretário de Radiodifusão do Ministério de Comunicações e GAISPI Maximiliano Martinhão.

Fonte: CMA e DCT – PUBLICADO POR:  EXÉRCITO BRASILEIRO  

NOTA DA ECOAMAZÔNIA – GAISPI Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz  – Gaispi — Português (Brasil) (www.gov.br)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: