Novo painel do TerraBrasilis: Sala de Situação da Amazônia (AMS)

O INPE lança dia 30 de julho às 14h (hora de Brasília) um novo painel da plataforma Terrabrasilis: a Sala de Situação da Amazônia (AMS), uma ferramenta para apoio a ações de controle do desmatamento. Todas as informações sobre o evento de lançamento, incluindo a programação podem ser vistas em: https://mundogeo.com/ams30jul/.

Figura: Tela da Ferramenta AMS no TerraBrasilis

O que é o AMS/TerraBrasilis?

O AMS/Terrabrasilis foi desenvolvido no contexto do Programa de Monitoramento da Amazônia e Demais Biomas (PAMZ+) do INPE. O PAMZ+ opera os projetos Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite (PRODES) e o Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (DETER), que utilizam imagens de sensoriamento remoto para acompanhar alterações na cobertura florestal na região. Os dados gerados no PRODES e no DETER podem ser livremente acessados no portal TerraBrasilis, que apresenta os dados de mapeamentos, bem como painéis com relatórios e gráficos que sumarizam as informações e permitem a sua utilização diretamente no ambiente da internet.

“O AMS/TerraBrasilis foi desenvolvido dentro da missão de melhorar e aprimorar continuamente as suas ferramentas de suporte às atividades de monitoramento da cobertura florestal da Amazônia Legal Brasileira” – disse o Coordenador do PAMZ+, Claudio Almeida. A ferramenta possibilita a visualização sinótica de indicadores de áreas críticas do desmatamento, integrando os alertas do sistema DETER. Os indicadores são atualizados diariamente com base nos alertas do sistema DETER.

O objetivo principal da ferramenta é subsidiar o planejamento de ações de fiscalização pelas instituições responsáveis, tanto no nível federal quanto estadual. “Mas entendemos que possa também ser útil para que outros setores da sociedade possam entender, de forma sintética, os múltiplos processos em curso na Amazônia (desmatamento corte-raso, degradação, corte-seletivo, mineração), discutir e demandar ações efetivas para controle desses processos na região” – de acordo com Ana Paula Aguiar, que coordena o  desenvolvimento da ferramenta juntamente com Lubia Vinhas e Luis Eduardo Maurano, todos servidores da Coordenação-Geral de Ciências da Terra – CGCT do INPE.

Origem do TerraBrasilis/AMS

A ferramenta AMS/TerraBrasilis nasceu de uma colaboração científica entre pesquisadores do INPE e Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) com a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS-PA). Ela está em teste e aprimoramentos pela SEMAS-PA e o Centro de Monitoramento Ambiental do IBAMA (CENIMA/IBAMA) desde maio de 2021. Assim como o código fonte que usado na implementação do portal TerraBrasilis, o código usado na implementação específica do AMS é baseado em bibliotecas abertas e livres de licença e está aberto, possibilitando a colaboração de terceiros, mas  principalmente garantindo transparência sobre a ferramenta e os produtos por ela gerados.

PUBLICADO POR:    INPE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*