Especialistas do Brasil, Colômbia e Peru debatem conservação de rios da Amazônia em fórum virtual

Evento estimulará o intercâmbio de soluções entre os países e trará importantes avanços nos debates sobre a conservação dos recursos hídricos na Amazônia.

(Foto: Divulgação)

Manaus –  Representantes de governos, empresas, universidades e organizações não governamentais do Brasil, Colômbia e Peru se reúnem virtualmente, nos próximos dias 9 e 10, para discutir políticas públicas, iniciativas corporativas e comportamentos sociais com objetivo de reduzir os resíduos sólidos flutuantes nos rios amazônicos. O debate integra o Fórum Internacional Rios Limpos, que será transmitido a partir das 9h30 (horário de Manaus), pelo canal do YouTube da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (SDSN Amazônia).

Um dos principais objetivos do evento é apresentar os resultados do relatório técnico do Projeto Rios Limpos, elaborado por especialistas com estudos sobre a caracterização dos resíduos sólidos, o marco sócio-político e levantamento de soluções nas cidades de Manaus (AM), Iquitos (Peru) e Letícia (Colômbia), que compõem a Bacia do Rio Amazonas.

Segundo a secretária executiva da SDSN Amazônia, Carolina Ramírez Méndez, o evento estimulará o intercâmbio de soluções entre os países e trará importantes avanços nos debates sobre a conservação dos recursos hídricos na Amazônia. “O Fórum Rios Limpos promoverá discussões com a participação de diversos setores da sociedade que darão contribuições muito ricas para a gestão mais sustentável de resíduos sólidos e, assim, evitar a poluição nos corpos de água”, destaca.

O evento tem apoio da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), que é a Agência Alemã de Cooperação Internacional.

A programação é aberta ao público e para se inscrever, basta acessar o link: bit.ly/ForumRios

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

PUBLICADO EM:   D24AM AMAZÔNIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.