Ministro do Meio Ambiente prega o diálogo e respeito em Espigão do Oeste

Na manhã desta quarta-feira (17), centenas de pessoas atenderam à convocação do Sindicato dos Madeireiros para assistirem no Centro Cultural Rangel Galvez a reunião entre autoridades estaduais e federais e os representantes do setor que denunciam abusos nas operações ambientais.

Especial para o Rondoniagora – Por Luizinho Carvalho

Em entendimento a situação, a Associação Comercial solicitou a colaboração de empresários do comércio local para fecharam as portas e dispensaram os funcionários para poderem participar do evento, reforçando a mobilização.

O ministro do meio ambiente, Ricardo Sales e sua comitiva desembarcaram no aeroporto de Cacoal e, com um forte aparato de segurança se deslocou em comitiva para cumprir a sua agenda em Espigão do Oeste.

A reunião entre as autoridades e o setor madeireiro, prevista inicialmente para as 9 horas sofreu atrasos em razão de sobrevoo do ministro na T. I. do Roosevelt, onde observou o garimpo clandestino instalado.

Após nota informando que Ricardo Sales não participaria da reunião devido ao atraso na sua chegada ao local, as aeronaves retornaram do sobrevoo no interior e a segurança confirmou a rápida presença do ministro na reunião.

O ministro Sales chegou ao local da reunião escoltado por agentes da PF e rapidamente falou ao público. Em seu discurso se mostrou sensível a situação que se instalou em Espigão, afetando alguns setores em outros municípios.

A importância do setor madeireiro para o desenvolvimento de Espigão foi destacada pelo ministro, assegurando que os órgãos fiscalizadores irão analisar com atenção as demandas reivindicadas pelo seguimento para se chegar em um consenso.

Durante o discurso, o ministro Ricardo Sales salientou, “O Governo do Estado, assim como a bancada federal e o setor produtivo tem nos enviados muitas demandas solicitando revisão nos procedimentos das regras no manejo florestal”, afirmou.

O governador Marcos Rocha e o deputado federal Coronel Chrisostomo acompanharam Ricardo Sales no sobrevoo aos locais pontuais e também na visita surpresa que o ministro realizou em serrarias no entorno da cidade onde acompanhou “in loco” a situação do setor.

Enquanto o ministro Ricardo Sales visitava Espigão do Oeste, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) dava o “Start” para a “Operação Honoris” que tem como objetivo principal coibir extração ilegal de madeira nas T.I Zoró, Suruí e Cinta Larga, todas no entorno do Pacarana.

Após fechar agenda em Espigão o ministro Ricardo Sales e o governador Marcos Rocha se deslocaram de helicóptero até Pacarana, onde almoçaram nas dependências da escola Tancredo Neves junto autoridades envolvidas na operação em andamento.

Por Luizinho Carvalho

FONTE: RONDONIAGORA – https://www.rondoniagora.com/cidades/video-ministro-do-meio-ambiente-prega-o-dialogo-e-respeito-em-espigao-do-oeste 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.