Senador Telmário Mota lamenta descaso com ianomamis em Boa Vista

14 de Março de 2018  - Jaime de Agostinho

O senador Telmário Mota (PTB-RR) denunciou que não são apenas os venezuelanos que estão passando por dificuldades nas ruas de Boa Vista, capital do estado, afirmando que os ianomâmis que vão até a capital em busca de serviços na área de saúde também estão sofrendo.

Telmário Mota relatou que os índios aproveitam o tempo que permanecem na cidade para vender artesanato e comprar bebidas alcoólicas. Segundo o senador, em razão disso, os indígenas são humilhados e agredidos e a Fundação Nacional do Índio (Funai) “nada faz para mudar a situação”.

Acrescentando que o Ministério Público também não faz nada , o senador disse que o governo federal destina “uma fortuna” para o setor lanomâmi no seu estado.

Educação indígena

Telmário Mota também comemorou aprovação, pela Comissão de Educação, de projeto de sua autoria que institui, no âmbito da Lei de Diretrizes e Bases, os territórios étnico-educacionais como forma facultativa de organização da educação escolar indígena.

Ele explicou que, pela proposta, a educação, nesses territórios, terá como base os diversos aspectos culturais, sociais e históricos de cada etnia, previamente definidos pelas comunidades. Isso vai permitir, salientou, o resgate da história e da cultura dos povos indígenas.

– No estado de Roraima, temos várias etnias que vão ser beneficiadas com isso, embora, o estado já adote, na prática, em algumas escolas, a língua-mãe – disse o senador.

A proposta, informou, segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

SAIBA MAIS: Taquigrafia 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

 

 


Palavras-chave: , , , , ,


Deixe um comentário

*