Produção de arroz irrigado na Ilha de Marajó

Durante muitos anos parte do território de Roraima foi coberta por plantações de arroz. Essas plantações estavam, em parte, em terras que foram declaradas como território dos índios – Terra Indígena Raposa Serra do Sol. Os produtores foram obrigados a deixar as terras. As plantações sumiram na paisagem do lavrado.

Alguns produtores – arrozeiros – tentaram se estabelecer nas proximidades de suas antigas áreas de plantio, e viram surgir um novo fantasma – a criação do Parque Nacional do Lavrado. Mas continuam lutando.

Ver: http://www.ecoamazonia.org.br/2015/01/raposa-serra-sol-10-anos-demarcacao-produtor-arroz-fala-dificuldades-plantar-fora-reserva/

Um dos mais tradicionais produtor de arroz de Roraima transferiu sua produção para Ilha do Marajó e está colhendo os frutos de seu trabalho. A riqueza e os empregos que existiam em Roraima agora florescem no Pará.

Vejam fotos da área de cultivo encaminhadas por colaborador da Ecoamazônia:

12193864_844958385624764_2248473964027530536_n

 

12219417_844958618958074_69379101953325729_n

12232753_844958308958105_8849667667916934205_o

12234957_844958222291447_8415711268275165090_n

 

12240987_844958528958083_2835892170878544303_o

 

Um comentário em “Produção de arroz irrigado na Ilha de Marajó”

Deixe uma resposta para Eraldo José Dutra Gil Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.