Cheia no Amazonas deixa 17 cidades em situação de emergência

Mais de 107 mil pessoas foram afetadas pelas cheias nos rios do Amazonas. O município de Boca do Acre está em estado de calamidade pública e 17 municípios estão em situação de emergência. Segundo a Defesa Civil do estado, a cidade de Tonantins passou a compor a listagem emergencial do órgão, além de todos os municípios do Médio Solimões que entraram em alerta (Fonte Boa, Uarini, Alvarães e Tefé).


Os municípios em situação de emergência são: Itamarati, Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Envira, Canutama, Tapauá, Carauari, Pauiní, Lábrea, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Tabatinga, Amaturá, Santo Antônio do Iça, São Paulo de Olivença e Tonantins. O município de Humaitá, banhado pelo Rio Madeira, também está em situação de alerta.

Tonantins, no Alto Solimões, tem 3.164 pessoas afetadas pela enchente. O governo do estado disponibilizou 52 toneladas de alimentos para o município. A Defesa Civil do Amazonas já totaliza 363 toneladas de alimentos não perecíveis enviadas às cidades afetadas pelas cheias. O governo estadual também já fez repasses financeiros às prefeituras de Boca do Acre, Envira, Itamarati e Eirunepé, no valor total de R$ 1,2 milhão, para ser usado no socorro às vítimas.

Hoje (23), o Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em Amaturá. O reconhecimento facilita a obtenção e liberação de recursos da União para a reconstrução das áreas atingidas e auxílio às vítimas. O ministério também autorizou o empenho e repasse de R$ 237,5 mil ao município de Carauari, com prazo de 180 dias para aplicação em obras e serviços essenciais. As portarias foram publicadas no Diário Oficial da União.

FONTE: Agência Brasil /  EBC

Cheia no Amazonas deixa 17 cidades em situação de emergência | Agência Brasil

Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil Edição: Valéria Aguiar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.