Organizações lançam carta pública em defesa do Fundo Amazônia

Um conjunto de organizações não- governamentais lançou nesta semana uma carta de defesa do Fundo Amazônia, que capta doações para investir em ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento na Amazônia, assim como o desenvolvimento de atividades que valorizem a floresta e seu uso sustentável.

Em uma década de existência, o Fundo Amazônia, administrado pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), ajudou a reduzir a destruição da floresta por meio de ações de comando e controle mas também por atividades em campo.

“Os efeitos positivos dos projetos executados têm impactos além das datas de suas respectivas conclusões: tal qual uma pedra jogada num lago, elas inspiram outros públicos a seguir o mesmo caminho sustentável, além de promoverem a economia local em médio e longo prazos”, escrevem as organizações. “O desafio está longe do fim e é preciso integrar programas, projetos e ações de todos os setores para que o objetivo final do governo brasileiro, e de todos os cidadãos do planeta, seja alcançado: conservação plena da Amazônia para continuidade do fornecimento de serviços ambientais (água, regulação climática), produtos da floresta (açaí, copaíba, farinha de mandioca, pirarucu etc.) e a valorização dos povos da floresta e seus conhecimentos.”

Clique para ler a carta na íntegra.

Saiba mais sobre o Projeto Assentamentos Sustentáveis na Amazônia (PAS).  

FONTE: IPAM Amazônia – Notícias 

 

NOTA

A equipe do ECOAMAZÔNIA esclarece que o conteúdo e as opiniões expressas nos artigos são de responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a opinião deste ‘site”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.