Mais dois municípios paraenses atingem meta para sair da lista de desmatadores

Cumaru do Norte e Santa Maria das Barreiras já protocolaram pedido ao Ministério do Meio Ambiente para serem reconhecidos pela redução no desflorestamento.   

Mais dois municípios paraenses conseguiram atingir as metas exigidas para que tenham os nomes retirados da lista dos maiores desmatadores da Amazônia. Cumaru do Norte e Santa Maria das Barreiras cumpriram o compromisso assinado em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Federal e vão receber a certificação como Municípios Verdes.  

Entre as metas cumpridas estão o registro no Cadastro Ambiental Rural (CAR) de pelo menos 80% da área cadastrável e a redução dos índices de desmatamento. Com isso, o Pará alcançou o número de 159.437 imóveis rurais cadastrados no CAR.

A permanência na lista de desmatadores representa dificuldades de acesso a crédito e barreiras comerciais. Com mais esses dois municípios, o Pará já conseguiu retirar da lista, nos últimos 4 anos, oito municípios que figuravam entre os maiores desmatadores do bioma amazônico. Além de Cumaru do Norte e Santa Maria das Barreiras, já saíram da lista Paragominas, Dom Eliseu, Ulianópolis, Tailândia, Brasil Novo e Santana do Araguaia.

* Com informações da Assessoria de Comunicação do Programa Municípios Verdes e da Assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*