“Biopirataria e apropriação dos conhecimentos tradicionais: um estudo de caso dos índios Wapixana de Roraima” – Alunos defendem dissertação de Mestrado na UFRR

7 de Março de 2012  - Jaime de Agostinho

A coordenação do programa de Pós-Graduação em Direito Ambiental da Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e da Universidade Federal de Roraima (Necar/UFRR) realizou nos dias 2 e 3 de março a avaliação das defesas de dissertação de Mestrado em Direito Ambiental.

Os alunos Roberto José Santana Neto e Walker Sales Silva Jacinto, servidores da Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh), defenderam suas dissertações na última sexta-feira, 2, com os títulos “ Os aspectos ambientais a serem observados nas propriedades rurais no município de Mucajaí (Vicinal 7, região do Apiaú)” e “Biopirataria e apropriação dos conhecimentos tradicionais: um estudo de caso dos índios Wapixana de Roraima”, respectivamente.

A banca examinadora que acompanhou as defesas de Roberto e Walker foi composta pelo professor orientador Renildo do Carmo Teixeira e os membros da banca Serguei Aily Franco de Camargo (UEA) e Maria das Graças Santos Dias Magalhães (UFRR). Os mestrandos foram considerados aprovados para o título de Mestre.

No sábado, 3, o aluno Adriano Ávila Pereira, defendeu também em sessão pública sua dissertação com o titulo “O fator tributário da área de livre comércio como viabilizador do desenvolvimento sustentável de Roraima”. A banca examinadora composta pelo orientador Dr. Edson Damas da Silveira (UEA) e pelos professores doutores Serguei Aily Franco de Camargo (UEA) e Ana Zuleide Barroso (UFRR)aprovou o mestrando.

Todas as defesas aconteceram na sala de aula do Necar, anexo do bloco I da UFRR. O mestrado interinstitucional em Direito Ambiental é sediado no Núcleo de Estudos Comparados da Amazônia e Caribe (Necar).

FONTE: Boa Vista News


Palavras-chave: , ,


Deixe um comentário

*