Unidade de conservação particular do Amapá pode fechar por falta de recursos

Um pedaço de floresta e biodiversidade, cercado por áreas urbanas e pelo Rio Amazonas, precisa de ajuda para sobreviver. A Reserva Particular do Patrimônio Natural Revecom, localizada na cidade de Santana, no Amapá, existe há mais de 20 anos e, no momento, luta contra a falta de dinheiro para continuar cuidando de plantas e animais.

Para se manter, a Revecom já fez convênio com o estado do Amapá e mais recentemente, o convênio era com a prefeitura de Santana. Mas, por dificuldades financeiras com a prefeitura, desde agosto, o valor não é repassado corretamente para a reserva, e o espaço corre o risco de fechar.

O administrador do espaço, Paulo Amorim, explica que a reserva tenta se manter por meio de doações e vaquinha virtual, mas os gastos mensais ainda são altos. A falta de dinheiro causa atrasos em pagamentos de funcionários e falta de suplementação alimentar para os mais de 300 animais que vivem na área.

Por causa da crise financeira, foi necessário demitir funcionários e a falta de seguranças profissionais, por exemplo, leva a outros problemas, como explica Amorim.

A reportagem tentou contato com a prefeitura de Santana, mas ninguém atendeu aos telefonemas.

Para ajudar, a população pode acessar o site revecom.com.br e doar qualquer quantia ou ainda fazer doações por meio do site razoesparaacreditar.com e contribuir com a vaquinha com valores a partir de R$ 15.

Maíra Heinen

fonte: EBC – RADIOAGÊNCIA NACIONAL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.