Capacitação de quadro funcional da Funai aprimora monitoramento territorial no Amazonas

O investimento em qualificação de seus servidores faz parte dos esforços da Funai para aperfeiçoar as atividades de monitoramento territorial. Com esse objetivo, foi realizado na Coordenação Regional do Rio Negro, o curso “Capacitação em Cartografia Básica e Uso de GPS em Terras Indígenas”, na cidade de São Gabriel da Cachoeira, oeste do estado do Amazonas.

capacita f ed
Servidores da Funai durante a atividade de trilha orientada por GPS (fotos: CR Rio Negro)

Por meio do curso foram capacitados 11 servidores daquela Coordenação Regional e suas Coordenações Técnicas Locais subordinadas. O curso, realizado entre os dias 5 e 9 de agosto, foi organizado pela Coordenação Geral de Monitoramento Territorial (CGMT) da Diretoria de Proteção Territorial (DPT) da Funai, a pedido do chefe do Serviço de Gestão Ambiental e Territorial (Segat/CR Rio Negro), Túlio C. Binotti.

capacita b ed

De acordo com a instrutora do curso, a chefe do Segat da Coordenação Regional de Roraima, Inayê Uliana Perez, “os servidores que participaram do curso demonstraram bastante comprometimento com o conteúdo apresentado. Nesse sentido, a realização dessa capacitação além de fornecer a capacidade técnica necessária para operar um aparelho receptor de GPS, proporcionou aos participantes a motivação e o sentimento de integração da equipe”, afirma.

Os equipamentos de GPS (Sistema de Posicionamento Global) fazem parte do patrimônio da Funai e são de uso exclusivo nos cursos de capacitação. A principal atividade prática do curso foi realizada na orla do Rio Negro na cidade de São Gabriel da Cachoeira: a corrida de orientação e trilha orientada, em que os participantes deveriam seguir roteiros pré-elaborados.

Para registrar e processar as informações coletadas durante a atividade, os alunos utilizaram softwares específicos de localização e monitoramento. No último dia do treinamento os alunos fizeram uma prova teórica para conclusão do curso.

O treinamento realizado para os servidores da Coordenação Regional do Rio Branco faz parte do Programa de Capacitação em Proteção Territorial. Além da capacitação cartográfica e de GPS, o Programa possui os seguintes módulos:

– Monitores Territoriais Indígenas;

– Noções Gerais de Legislação Indigenista e Ambiental;

– Prevenção e Monitoramento de Incêndios Florestais em Terras Indígenas;

– Serviços Ambientais, o papel das Terras Indígenas;

– Uso Preventivo e Manutenção Básica de Equipamentos e Veículos; e

– Vigilância e Proteção de Terras Indígenas.

Assessoria de Comunicação Social – Funai

com informações da Coordenação-Geral de Monitoramento Territorial

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.