Tecnologia inédita para combater incêndios florestais

O governo federal adotará este ano um instrumento inédito para enfrentar a temporada de incêndios florestais, que normalmente começa entre os meses de junho e julho e segue até novembro na maior parte do país.

Mesmo em áreas mais remotas, unidades móveis permitem contato com as brigadas em campo – Crédito: Rubens Freitas

O Centro Nacional de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (Prevfogo), do Ibama, acaba de adquirir dois caminhões equipados com alta tecnologia que vão funcionar como unidades móveis de comando avançado durante as ações de combate ao fogo.

A novidade vai permitir maior entrosamento e sinergia entre o comando das operações e as brigadas em campo, o que proporcionará ações mais efetivas, ágeis e melhor planejadas para conter os incêndios.
CARRO IBAMA 2 copy copy
EQUIPAMENTOS

As unidades móveis são dotadas de sala de operações, com equipamentos de vídeo, rádio-transmissores e computadores preparados para conexão à internet. A conexão será feita por meio de antena de 8 metros de altura, instalada no alto dos caminhões.

O acesso via rádio permitirá que o comando das equipes, mesmo estando nos lugares mais remotos, possa se comunicar com as brigadas anti-incêndio baseadas no entorno da região onde ocorre o incêndio.

Essa conexão direta é fundamentai para que o comando possa mobilizar os brigadistas e definir estratégias e ações capazes de dar respostas mais rápidas ao avanço do fogo, principalmente nos casos de incêndios de grandes proporções.

CAMINHAO PREVFOGO 3 copy

AUTONOMIA

As unidades móveis darão mais autonomia e mobilidade ao Prevfogo. Antes, sem os veículos, os postos de comando avançados tinham que ser instalados em prédios cedidos pelo poder público ou terceiros, como escolas rurais ou postos de saúde.

Além disso, muitas vezes esses espaços ficavam distantes do local do incêndio, o que dificultava o contato entre o comando da operação e as brigadas. Agora, com os recursos tecnológicos e a possibilidade de deslocamento das unidades móveis, esse contato se torna bem mais fácil.

Para dar mais estrutura e conforto à equipe, que em casos de grandes incêndios costuma passar dias em campo, os caminhões dispõem também, no seu interior, de frigobar e forno microondas.

PROJETO CERRADO-JALAPÃO

Os veículos foram adquiridos no âmbito do Projeto Prevenção, Controle e Monitoramento de Queimadas Irregulares e Incêndios Florestais no Cerrado, também conhecido como Projeto Cerrado-Jalapão.

O projeto é do Ministério do Meio Ambiente e tem o apoio financeiro e técnico da Cooperação Oficial Alemã. A implementação é executada pelos órgãos federais e estaduais, responsáveis pelo conjunto de atividades para melhorar a prevenção e controle de incêndios e queimadas no bioma Cerrado e, em particular, na região do Jalapão, em Tocantins.

Segundo o Prevfogo, as unidades móveis estão prontas para auxiliar no combate ao fogo em todo o país. O Cerrado terá prioridade, mas os caminhões serão utilizados onde for preciso. Se surgir incêndios de grandes proporções na Amazônia, por exemplo, os veículos poderão ser deslocados para lá imediatamente, garantem os gestores do centro nacional.

Ascom MMA
(61) 2028-1227

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.