PF deflagra segunda fase da Operação Terras Caídas

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (28/11) a segunda fase da Operação Terras Caídas, com objetivo de desarticular organização criminosa especializada em regularizar terras invadidas da União, atuante desde 2013 no estado do Amapá. A ação é resultado de trabalho em conjunto com o Ministério Público Federal.

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva na cidade de Macapá/AP, sendo que um dos alvos é servidor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no Amapá (INCRA/AP) e o outro, um empresário responsável pelos registros inidôneos no Sistema de Gestão Fundiária (SIGEF).

No decorrer das investigações, ficou constatada a inserção de dados falsos de imóveis rurais pertencentes à União no SIGEF, atribuindo-os a particulares. Posteriormente, eram feitos os procedimentos de regularização fundiária junto ao INCRA com dados ideologicamente falsos.

Os investigados irão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de inserção de dados falsos no sistema de informações, falsidade ideológica, organização criminosa e invasão de terras públicas da União. Se condenados, as penas poderão chegar a 28 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(96) 3213-7602/7569

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.