RR – Deputados estaduais criticam ampliação de áreas ambientais

Em entrevista à Folha, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Jalser Renier (SD), comentou a proposta de ampliação do Parque Nacional do Viruá e da Estação Ecológica de Maracá, assim como a redefinição de limites e recategorização da Reserva Florestal do Parima. A mudança nessas unidades atinge diretamente áreas nos municípios de Caracaraí, Alto Alegre e Amajari e pegou toda a classe política de surpresa. 

O presidente mostrou-se contrário a ampliação, argumentou que ela vai prejudicar o Estado. “Eu acho que criar mais reservas em cima de parques e em lugares que não precisariam ser criados é uma irresponsabilidade, um atentado contra a democracia do Estado. Ninguém é ouvido, as pessoas não são escutadas, os homens que produzem, as mulheres que estão nas suas casas, as pessoas que estão plantando, que estão vendendo a produção ficam numa situação como os refugiados da Venezuela em Roraima e de uma hora para outra sua propriedade vira pó”, analisou.

Renier disse que o Ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, do Partido Verde, não tem a menor responsabilidade com o Estado de Roraima. “Por que não fazem essas reservas no Maranhão? Ninguém ouve falar disso, de reserva no Maranhão! Isso é uma demonstração de que o empobrecimento vai chegar ao Estado, pois as terras não vão produzir e as propriedades não vão desenvolver”, disse.

Para o parlamentar, o Governo Federal não dá uma atenção devida na questão de demarcação no Estado. “Acaba atrapalhando o nosso desenvolvimento por questões que eu já considero pessoais contra o Estado, contra o desenvolvimento e a bandeira de Roraima”, assegurou.

Bancada federal vai pedir audiência com Michel Temer                

Estão sendo feitas consultas públicas para ampliação do Parque Nacional do Viruá e da Estação Ecológica de Maracá, assim como a redefinição de limites e recategorização da Reserva Florestal do Parima.

O coordenador da bancada federal, deputado federal Abel Mesquita (DEM), disse que Roraima não tem como aceitar, de forma alguma, as ampliações do Parque Nacional do Viruá e da Estação Ecológica de Maracá, assim como a redefinição de limites e recategorização da Reserva Florestal do Parima. “Estamos totalmente inviabilizados e cada vez mais o Governo Federal está implantando políticas contrárias ao desenvolvimento do Estado”, disse à Folha.

Mesquita afirmou que como coordenador da bancada pretende convocar todos os senadores e deputados federais para marcar uma audiência com o presidente Temer e evitar as novas ampliações. “Pretendemos convidar a governadora de Roraima, Suely Campos, para falar com o presidente Temer. Vamos falar que ninguém aceita, de forma alguma, mais nenhuma ampliação de reservas em Roraima. Vamos levar o mapa de todas as demarcações feitas no Estado e temos conhecimento de causa que não tem mais como ampliar área. Só se colocar Boa Vista na ampliação”, frisou.

O parlamentar disse que tem se pronunciado sempre contra a continuidade de demarcações. “Eu tenho dito em Brasília e em todos os órgãos que chego que Roraima não tem mais como aguentar demarcações. Eu tenho cobrado, como coordenador da bancada, que temos que nos unir em prol de Roraima. Temos políticos de renome nacional que tem influência nesse Governo Federal. Meu amigo senador Romero Jucá deve encabeçar juntamente comigo a união dos políticos de Roraima para que isso não aconteça mais. O que tínhamos que demarcar, já demarcamos”, garantiu. 

FONTE: Jornal Folha de Boa Vista

Folha Web

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.