Queimadas em Mato Grosso

Mato Grosso é o estado do Brasil que mais queimou em 2012. De 1º de janeiro até esta segunda-feira (9), o satélite de referência Noaa-15 do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectou 6.526 focos de calor em todo o Brasil, sendo 2.023 no estado. Também aparecem entre os estados que mais queimaram Bahia (869) e Minas Gerais (587).

O período proibitivo de queimadas deste ano em Mato Grosso deve ser definido nesta semana. A decisão será tomada pelo Comitê de Gestão do Fogo. Segundo a assessoria da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), deve ser marcada para os próximos dias uma reunião do comitê para discutir o assunto.

A proibição feita pelo estado busca reduzir as queimadas durante a época de estiagem em Mato Grosso, natural no segundo semestre do ano. Em 2011, a proibição – entre 1º de julho e 15 de outubro – foi a maior da história. Nos anos anteriores, a proibição tradicionalmente durava de 15 de julho a 15 de setembro, além das eventuais prorrogações realizadas.

Aqueles que são pegos ateando fogo no período proibitivo recebem multa que varia de acordo com a área atingida – de R$ 1 mil por hectare nas áreas abertas a R$ 1,5 mil por hectare nas áreas de floresta, além de ser detido e responder por crime ambiental. Nesses casos, a detenção pode chegar a quatro anos de prisão, conforme estabelecido na Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998.

VER MAIS EM: http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2012/07/mt-e-o-estado-que-mais-queimou-no-ano-e-periodo-proibitivo-sera-definido.html e http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2012/04/mt-pode-manter-periodo-proibitivo-de-queimadas-prolongado-diz-secretario.html

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.