O sítio de Bagé em 1893

Pesquisa realizada por Hiram Reis e Silva sobre os acontecimentos conhecidos com “Sítio de Bagé” ou “Cerco de Bagé”, ocorridos em 1893, no Rio Grande do Sul

Enviei ao meu querido amigo e irmão Rogério Vaz de Oliveira, há algum tempo, uma pesquisa, por ele solicitada, sobre um evento ocorrido na cidade de Bagé, RS, denominado “Sítio de Bagé” ou ainda “Cerco de Bagé”. Minha pesquisa baseou-se no relato pessoal de uma testemunha ocular do episódio em questão, o então promotor público de Bagé, o Dr. Antenor Soares, que publicou uma série de artigos relatando os cruéis acontecimentos deste momento histórico vivenciado pela população bajeense. Embora amazônida convicto e mais voltado para os fatos atinentes à nossa Amazônia brasileira, o tema, até então, por mim ignorado despertou-me a atenção e, por isso mesmo faço questão de divulgá-lo. Nos idos de 1893, durante a Revolução Federalista (1893/1895), a Catedral de São Sebastião e a Praça da Matriz foram palco desta ocorrência, quando revolucionários do “Exército Libertador” tentaram tomar a cidade obrigando os legalistas, comandados pelo Coronel Carlos Maria da Silva Telles, a montar sua defesa na Praça.

Íntegra da pesquisa em:  Dr. Antenor Soares. Sítio de Bagé, 1893

 

Por Hiram Reis e Silva (*), Bagé, 11.06.2021 – um Canoeiro eternamente em busca da Terceira Margem.

(*) Hiram Reis e Silva é Canoeiro, Coronel de Engenharia, Analista de Sistemas, Professor, Palestrante, Historiador, Escritor e Colunista;

  • Campeão do II Circuito de Canoagem do Mato Grosso do Sul (1989)
  • Ex-Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA) (2000 a 2012);
  • Ex-Pesquisador do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx);
  • Ex-Presidente do Instituto dos Docentes do Magistério Militar – RS (IDMM – RS);
  • Ex-Membro do 4° Grupamento de Engenharia do Comando Militar do Sul (CMS)
  • Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS);
  • Membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil – RS (AHIMTB – RS);
  • Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS – RS);
  • Membro da Academia de Letras do Estado de Rondônia (ACLER – RO)
  • Membro da Academia Vilhenense de Letras (AVL – RO);
  • Comendador da Academia Maçônica de Letras do Rio Grande do Sul (AMLERS)
  • Colaborador Emérito da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG).
  • Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional (LDN).
  • E-mail: hiramrsilva@gmail.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*