RORAIMA – PF investiga extração ilegal de recursos minerais

8 de Maio de 2011  - Jaime de Agostinho

A Polícia Federal recebeu denúncia de extração ilegal de recursos minerais e de poluição do Rio Cauamé e afluente, Igarapé do Carrapato, às margens do qual estaria ocorrendo o suposto crime ambiental.

Uma equipe de policiais constatou no local que de fato estava ocorrendo a extração de piçarra e o transporte do material extraído para um loteamento.

A área que abrange a mata ciliar é considerada como de preservação permanente e sua destruição é crime, tipificado no artigo 38 da Lei 9.605/98, podendo o autor ser condenado a uma pena de um a três anos de detenção.

A matéria completa está na edição da Folha de Boa Vista de 09 de maio de 2011

 

 


Palavras-chave: ,


Deixe um comentário

*