Hierarquia

Repercuto o artigo de meu caro Amigo, Irmão e Mestre Higino Veiga Macedo.

Hierarquia
(Higino Veiga Macedo)

Hierarquia – É a compreensão pessoal do RESPEITO à gradação de responsabilidades. Estabelece o nível de responsabilidade: quanto maior o hierarca, maior a responsabilidade. Pode ser investida de autoridade.
(CG 20 Fev00). Higino

“A palavra vem do grego hieros (sagrado) + arquia (ser chefe). O mesmo que comando sagrado. Chegou-nos através do latim eclesiástico hierachia. […] Designava, no cristianismo primitivo, o poder dado por Cristo aos apóstolos para formarem e governarem a Igreja. – Designa hoje qualquer sistema onde a distribuição do poder é desigual, através de um sistema de graus”.
[Hierarquia e a comunidade política estatal/ Monografias Plus (monografias.com)]

A HIERARQUIA e a DISCIPLINA são fundamentos morais, já há muito decantadas e reconhecidas, como os dois apoios imateriais, mas reais, da estruturação dos organogramas militares. E são milenares. Há algum tempo, inseri um terceiro: a Lealdade.

Busquei entender a HIERARQUIA desde os tempos de Cadetes quando fui apresentado ao Manual de Campanha Princípios de Chefia e Liderança, edição de 1953. Ele enumera os princípios que um líder deve cultuar. Notei ali que tudo partia da minha hierarquia para as dos subordinados uma vez que não há liderança de subordinado para superior; seria a negação do líder.

Entender a hierarquia era o primeiro passo para ser líder e, para sê-lo, nunca transferir a minha res­ponsabilidade a subordinado e nem avocar, a mim, a do meu superior.

A hierarquia traz embutida, também, vários va­lores relevantes e imprescindíveis, além da Liderança: VERDADE, PROBIDADE, LEALDADE E RESPONSABILI­DADE. Atributos, os quatro, já compuseram o Código de Honra da Academia Militar das Agulhas Negras, quando eu Cadete. E, deles, a RESPONSABILIDADE é o principal valor que fundamenta a HIERARQUIA. A Res­ponsabilidade, aqui definida, como fiador de obriga­ções, num ambiente de respeito e seriedade.

É fácil entender a HIERARQUIA porque ela, além de ser um estamento de RESPONSABILIDADE, exige deveres. A cada estamento há, é claro, os direitos inerentes à escala. Mas também os deveres, do nível considerado, para todos quantos forem subordinados. Por isso é, em qualquer nível e circunstância, codificada em níveis de responsabilidades. Entre os militares a codificação é detalhada com clareza, precisão e concisão. Assim, as responsabilidades de um capitão em Bagé, no Rio Grande do Sul, é a mesma do capitão em Tabatinga, no Amazonas, mesmo sendo um de cavalaria e outro de infantaria.

Na verdade, a Hierarquia é presente em qualquer organização social onde há o escalonamento de RESPONSABILIDADE. Ela é uma gradação de res­ponsabilidade. Daí, a hierarquia ser a organização estrutural. É uma “estrutura” piramidal. Em sendo pira­midal, quanto mais próximo do topo, maior será o estamento de responsabilidade hierárquica e menor o número de hierarca.

Deduz-se que é, a hierarquia, consequência das responsabilidades, decrescente em relação ao topo. Isto é, há sempre a subordinação de quem esteja imediatamente abaixo na escala, sem necessariamente ser uma relação de submissão, subserviência, escra­vização coercitiva…

A hierarquia traz embutida a inflexibilidade. Engessa a RESPONSABILIDADE. Ela tem uma direção: do superior para o subordinado, portanto, decrescente onde não se admite transferir a responsabilidade que lhe cabe, desse superior, a qualquer subordinado da escala; ela não tem sentido: ida e volta, como um vetor, muito claro na Lealdade. Isto é, no mesmo diapasão, o subordinado, não transfere, também, sua responsabilidade ao superior. Entretanto, o superior hierárquico é o fiador da responsabilidade, por ações, do subordinado. Essa compreensão do nível de respon­sabilidade exige um sentimento: o RESPEITO. O res­peito à posição hierárquica tem direção e sentido: direção do subordinado ao superior e do superior ao subordinado, com o “quantum” de respeito que vai e volta e, daí ter sentido.

Reafirmando: a Hierarquia exige responsabilida­de com respeito. Reconhecê-la e entendê-la e praticá-la faz parte da disciplina, revestidas com a lealdade. Por­tanto, é a Hierarquia que estabelece “quem faz o quê” e “com qual quantum de responsabilidade”… Quanto mais no topo da pirâmide, maior será o quantum de responsabilidade. Quanto mais na base, menor será o quantum, mas sempre terá responsabilidade.

JP, quarta-feira, 26 de setembro de 2018.
(Higino Veiga Macedo)

 

Por Hiram Reis e Silva (*), Bagé, 27.04.2023 – um Canoeiro eternamente em busca da Terceira Margem.

(*) Hiram Reis e Silva é Canoeiro, Coronel de Engenharia, Analista de Sistemas, Professor, Palestrante, Historiador, Escritor e Colunista;  

  • Campeão do II Circuito de Canoagem do Mato Grosso do Sul (1989)
  • Ex-Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA);
  • Ex-Pesquisador do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx);
  • Ex-Presidente do Instituto dos Docentes do Magistério Militar – RS (IDMM – RS);
  • Ex-Membro do 4° Grupamento de Engenharia do Comando Militar do Sul (CMS)
  • Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS);
  • Membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil – RS (AHIMTB – RS);
  • Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS – RS);
  • Membro da Academia de Letras do Estado de Rondônia (ACLER – RO)
  • Membro da Academia Vilhenense de Letras (AVL – RO);
  • Comendador da Academia Maçônica de Letras do Rio Grande do Sul (AMLERS)
  • Colaborador Emérito da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG).
  • Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional (LDN).
  • E-mail: hiramrsilva@gmail.com

Nota – A equipe do EcoAmazônia esclarece que o conteúdo e as opiniões expressas nas postagens são de responsabilidade do (s) autor (es) e não refletem, necessariamente, a opinião deste ‘site”, são postados em respeito a pluralidade de ideias

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: