Cientistas pesquisam solo fertilizante da Amazônia

Cientistas de 14 instituições de pesquisa e universidades do Brasil e do exterior vão realizar estudos em solos caracterizados como Terra Preta de Índio (TPI), também chamada de Terra Preta Arqueológica (TPA). As experiências acontecem no campo experimental da Embrapa Amazônia Ocidental no município de Iranduba, no Amazonas. A pesquisa terá duração de um mês.

Leia mais »

Arqueólogos buscam vestígios de culturas passadas no Amazonas

As escavações no campo da Embrapa têm finalidade científica e acontecem por quatro semanas até o dia 6 de agosto, envolvendo uma equipe de 40 pessoas, das quais 18 são alunos de arqueologia da UEA e os demais profissionais de diversas áreas do conhecimento – que estarão em atividades práticas e teóricas de prospecção pedológica (estudo dos solos) e arqueológica. Na pedologia se estuda os solos em seu ambiente natural e na arqueologia se estuda as culturas do passado a partir da análise de seus vestígios materiais.

Leia mais »