Operação Tapajós: “Os Munduruku não querem guerra”. Entrevista especial com Roani Valle

“Os Munduruku não querem guerra. Eles querem ser consultados aberta e coletivamente e querem que sua opinião tenha poder vinculante para a interrupção dessas obras”, diz Roani Valle à IHU On-Line, após visitar os indígenas Munduruku contrários à construção do complexo hidrelétrico do Tapajós, no Pará. O antropólogo esteve na aldeia Sawe Muybu no final de março e pôde visualizar a atuação da Força Nacional de Segurança na região. “Fiquei muito assustado com a situação. Tinha conhecimento da Operação Tapajós e sabia da tensão na área, só não imaginava tanto. Presenciei uma incursão noturna na aldeia perpetrada por homens estranhos, não identificados, fazendo algo semelhante ao que batedores fazem, observação sub-reptícia, sondagem, espionagem furtiva; eles atracaram no porto da aldeia por volta das 22h30 do dia 29 de março”, relata em entrevista concedida por e-mail.     Leia mais »

Inscrições para cursos a distância do Projeto Água encerram dia 30

Outorgas do direito de uso dos recursos hídricos, alternativas organizacionais para gestão dos recursos hídricos e práticas e procedimentos para comitês de bacias. Estes são os temas dos três cursos do projeto Água – Conhecimento para Gestão, que estão com inscrições abertas para 95 vagas até 30 de março. Os interessados podem se inscrever por meio do link http://www.aguaegestao.com.br/pt-br/cursos/abertos. Em 8 de abril acontecerá a divulgação dos participantes selecionados. Ao final, os alunos que concluírem as atividades receberão certificado. O projeto é uma parceria entre a Agência Nacional de Águas (ANA), a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (FPTI) e a Itaipu Binacional.  Leia mais »

Senado Federal – Comissão de Meio Ambiente debate o Plano Estratégico de Afluentes do Rio Amazonas

A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) realiza na terça-feira (19) audiência pública para debater o Plano Estratégico de Recursos Hídricos dos Afluentes da Margem Direita do Rio Amazonas, da Agência Nacional de Águas (ANA). O debate atende requerimento do senador Jorge Viana (PT-AC), considerando que o Dia Mundial da Água é comemorado em 22 de março.  Leia mais »

Secretário-Geral da ONU afirma que a água é direito humano básico

O Secretário-Geral da ONU afirmou, esta quarta-feira, 6, que a água é um direito humano básico e que os países têm de trabalhar juntos para controlar este recurso natural. Leia mais »

Informações sobre recursos hídricos podem ser acessadas por rede social

Para começar o mês das águas, a Agência Nacional de Águas (ANA) lançou sua fan page no Facebook  nesta sexta-feira (1º). Este é mais um canal de relacionamento entre a instituição e a sociedade. Os seguidores da ANA na rede social terão acesso a conteúdos produzidos exclusivamente para o Facebook e poderão esclarecer dúvidas sobre recursos hídricos e temas nos quais a Agência atua.  Leia mais »

Estudo aponta que ecossistemas de água doce da Amazônia são vulneráveis à degradação ambiental

Um estudo publicado na revista científica Conservation Letters esta semana constatou que os ecossistemas de água doce na Amazônia são altamente vulneráveis à degradação ambiental. Ecossistemas de rios, lagos e pantanal—que abrangem aproximadamente um quinto da área da bacia amazônica–estão sendo cada vez mais degradados pelo desmatamento, poluição, construção de barragens e hidrovias, e sobre-exploração de espécies vegetais e animais.  Leia mais »

Dia Mundial das Zonas Úmidas pretende chamar a atenção para o manejo adequado de um recurso natural finito – Água e desigualdades

“As zonas úmidas e o manejo da água” é o tema do Dia Mundial das Zonas Úmidas, comemorado neste sábado (02/02). O assunto é prioritário para a Organização das Nações Unidas (ONU), pois envolve as poucas reservas de água potável existentes, já que, em todo o planeta, existe apenas 0,3% de água doce distribuída em rios e lagos. O problema é que 97.5% do total são água salgada, e a pouca água própria para o consumo humano disponível não está distribuída de maneira igual para as populações de todos os continentes.  Leia mais »

Amazonas terá centro de monitoramento capaz de enviar informações em tempo real

O governo amazonense está construindo um centro de monitoramento hidrológico para inspeção mais apurada do clima e dos ciclos de cheia e vazante dos rios do Estado. O sistema fornecerá dados, em tempo real, para defesas civis e prefeituras sobre condições climáticas, como o volume das chuvas e cotação dos rios, com objetivo de proporcionar mais agilidade na prevenção dos eventos críticos e desastres naturais. Leia mais »

Recursos Hídricos – ‘RISCO DE RACIONAMENTO DE ÁGUA É REAL’

Eleito presidente do Conselho Mundial de Água em dezembro, o brasileiro Benedito Braga inicia sua gestão em 2013, escolhido pela ONU como o Ano Internacional da Cooperação pela Água. Professor da Escola Politécnica da USP e ex-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Braga critica a lentidão nas políticas públicas de gestão hídrica no País e prevê crise semelhante à enfrentada pelo setor elétrico, caso o quadro atual seja mantido.  Leia mais »

Amazônia Peruana – Piden defender agua del río Nanay de actividades petroleras

El Comité del Agua de Loreto reiteró su oposición al desarrollo de actividades petroleras en la cuenca del río Nanay, principal fuente de captación de los recursos hídricos que sirven para el abastecimiento de agua potable en la ciudad de Iquitos.   Leia mais »

RO – Aproveitamento hidrelétrico Santo Antônio, no rio Madeira.

A Agência Nacional de Águas – ANA, a Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama apresentam esclarecimentos quanto aos procedimentos relativos às alterações no projeto do aproveitamento hidrelétrico Santo Antônio, no rio Madeira.

Leia mais »

Pela primeira vez, o Brasil passa a presidir o Conselho Mundial da Água.

O professor titular de Engenharia Ambiental do Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária da Universidade de São Paulo (USP) e ex-diretor da Agência Nacional de Águas (ANA), Benedito Braga foi eleito nesta segunda-feira (19/11) o novo presidente do Conselho Mundial da Água, em substituição ao francês Loïc Fauchon.

Leia mais »

Ministra MMA defende preferência para hidrelétricas na ampliação da matriz energética do país

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, voltou a defender hoje (8) as usinas hidrelétricas como forma mais segura e barata de ampliação da matriz energética no país. Segundo ela, a outra opção possível, a obtenção de energia a partir de usinas nucleares, além de mais cara, é menos limpa ambientalmente. Leia mais »

MMA vai contratar imagens de satélite para o Cadastro Ambiental Rural

O Ministério do Meio Ambiente – MMA – deve autorizar, nos próximos dias, a contratação da empresa que irá produzir imagens de satélite a serem usadas como base para o Cadastro Ambiental Rural, previsto no novo Código Florestal. A novidade foi apresentada hoje (7) pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, após participar de evento da revista Examena capital paulista sobre sustentabilidade . Leia mais »

Água – Ministra defende reajuste no pagamento pelo uso do recurso natural por parte dos grandes consumidores

A ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira defendeu, nesta quarta-feira (07/11), o fortalecimento da Agência Nacional de Águas (ANA), a modernização da Política Nacional de Recursos Hídricos (Lei das Águas) e o reajuste no pagamento pelo uso por parte dos grandes consumidores, feito da mesma forma há dez anos. Segundo ela, a legislação, de 1997, é bem elaborada, mas precisa se tornar mais exequível e mais atrelada às demais políticas ambientais. Ela participou de debate sobre o uso da água no Fórum da Sustentabilidade, promovido pela revista Exame, em São Paulo. Leia mais »