Petrobras defende conversão de térmicas para gás no Amazonas

Valor – Apesar de a Petrobras ter um contrato de fornecimento de 5,5 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, para a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), a estatal está entregando apenas 3 milhões de metros cúbicos por dia.

A questão, segundo o gerente-geral na Petrobras da Unidade de Negócios de Exploração e Produção da Amazônia, Luiz Ferradans Mata, é que a demanda da região está aquém da capacidade de produção da estatal. O gás é escoado pelo gasoduto Urucu-Coari-Manaus, com 661 quilômetros de extensão, que foi inaugurado em novembro do ano passado. Leia mais »