Memória do Mundo

A Coordenação de Informação e Documentação do Museu Paraense Emílio Goeldi vai realizar, em 31 de maio, a apresentação do Programa MOW e treinamento para a redação de candidaturas qualificadas ao Registro Nacional.  O evento é direcionado para representantes de instituições de gestão do patrimônio documental.

Maires informações no site do Museu Goeldi.

Rio+20 – Amazônia precisa de mais pesquisadores

O Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), professor Adalberto Luís Val, apresenta um olhar diferenciado sobre os debates em torno da Amazônia, tema recorrente nas discussões sobre Sustentabilidade.

O Inpa, ao lado do Museu Paraense Emílio Goeldi, em Belém do Pará, e do Instituto Leônidas e Maria Deane (Ilmd), do Amazonas, constitui uma rede de órgãos de pesquisa do Governo Federal na região que reúne o maior complexo de biodiversidade de espécies do planeta. Leia mais »

Senador pede investimentos em pesquisa científica na Amazônia

Em discurso no Plenário nesta segunda-feira (28), o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) pediu mais incentivo à produção de conhecimento científico na região amazônica. Segundo o senador, das 75 áreas de conhecimento ofertadas em cursos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), 25 não são oferecidas na Amazônia. Leia mais »

O reajuste das bolsas e a valorização das pesquisas e dos pesquisadores (*)

A Capes e o CNPq acabam de anunciar para o dia 1º de julho deste ano o tão esperado reajuste das bolsas de pesquisa no Brasil. Com o reajuste anunciado a bolsa de mestrado passará para R$ 1.350, a de doutorado para R$ 2.000, a de pós-doutorado vai a R$ 3.700 e a de iniciação científica a R$ 400. Segundo as duas agências de fomento um novo reajuste de valor ainda indefinido acontecerá em janeiro ou fevereiro de 2013. Leia mais »

DF – Governo quer criar política para exploração de terras-raras

Os ministérios de Minas e Energia (MME) e da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) querem criar uma política para a exploração de minerais conhecidos como terras-raras, que apresentam propriedades químicas e físicas úteis para aplicação industrial em produtos de alta tecnologia. Leia mais »

PA – Museu Goeldi lança o Censo da Biodiversidade

O Museu Paraense Emilio Goeldi propõe uma ferramenta que permitirá aos pesquisadores, gestores ambientais e à sociedade em geral acompanhar o avanço do estado do conhecimento sobre a biodiversidade da Amazônia.

Quantas espécies existem na Amazônia? “Parece uma pergunta fácil, mas é muito difícil responder quantas espécies existem aqui na Amazônia. É uma questão muito dinâmica, que depende de vários fatores. A todo tempo são descobertas novas espécies”, responde a pesquisadora do Museu Paraense Emílio Goeldi, Teresa Ávila-Pires, especialista em répteis. Leia mais »

Observatório Amazônico da Torre Alta

Iteam concede uso de terras para Inpa realizar pesquisas no Amazonas. Inpa juntamente com outras duas instituições darão início à construção da estrutura física do Observatório Amazônico da Torre Alta

Um Termo de Concessão de Direito Real de Uso, disponibilizado pelo Instituto de Terras do Amazonas (Iteam) ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), na última quinta-feira (10), resultará na construção da estrutura física do projeto Observatório Amazônico de Torre Alta (Atto), coordenado pelo Inpa, o Instituto Max Planck e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Leia mais »

Cientistas discutem avanços da pesquisa no Pantanal

Entre os dias 1º e 3 de agosto, cientistas do CPP – Centro de Pesquisas do Pantanal vão se reunir em Chapada dos Guimarães (MT) para discutir os avanços das pesquisas no bioma. Trabalhos desenvolvidos pelas redes de bioprospecção, pecuária e pesca serão analisados por um comitê científico e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.  “Essa reunião de avaliação é importante para medir os avanços das pesquisas e também ampliar a troca de experiências, que é fundamental no trabalho em rede”, explica Paulo Teixeira de Sousa Júnior, pesquisador sênior do CPP.

Leia mais »

Governo vai investir em pesquisas voltadas à economia verde

O Ministério da Ciência e Tecnologia vai divulgar nas próximas semanas um plano de investimentos em pesquisas voltado à economia verde, disse na quarta (27) o coordenador-geral de Mudanças Climáticas da pasta, Marcos Heil Costa. Ele participou de seminário promovido pelo Centro China-Brasil de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia, na Cidade Universitária, no Rio de Janeiro.

Costa disse que o assunto está sendo tratado no planejamento do ministério. “O Ministério da Ciência e Tecnologia pretende investir em áreas como energias renováveis, economia do conhecimento e até mesmo na economia do extrativismo de forma sustentável, sempre promovendo o desenvolvimento sustentável.”

Leia mais »

Os caminhos do Rio Negro

Entre os dias 16 de dezembro de 2009 e 20 de janeiro de 2010 o Coronel Hiram Reis e Silva, atualmente professor de Matemática no Colégio Militar de Porto Alegre, palestrante em assuntos relativos a Amazônia Brasileira, percorreu em seu caiaque o Rio Negro, reconhecendo seus principais afluentes, observando a fauna, flora, hidrografia, relevo, e entrevistando autoridades locais e representantes dos povos da floresta.

Cel Hiram em seu caiaque

Disponibilizamos o projeto de sua viagem e os relatos de sua empreitada.

Projeto Desafiando o Rio-Mar

A Rota do Rio Negro