A Riqueza de Roraima

Circula nas redes sociais, whatsapp, facebook, emails e outras, o texto a seguir, com pequenas variações, sem autoria claramente identificada:

Sabem pq o Bolsonaro diz que Roraima deveria ser o Estado mais rico do Brasil???

Sabem pq o PT transformou o local em uma Reserva Indígena?

A maior reserva de petróleo do mundo é a da Venezuela e o maior poço de petróleo da Venezuela, a Santa Elena, fica na divisa com Roraima. A parte da Venezuela representa 30%, dessa bacia , e 70% está no Brasil.

E a segunda está na Serra da Neblina divisa com o Amazonas.

Porque Roraima é o Estado mais rico do Brasil?. O nióbio, esse minério raro, tem 95%  no Brasil.

O nióbio é transportado, ilegalmente, para a Venezuela, depois via Cuba, para chegar à China e à Rússia

Agora, entenderam pq o BNDES financiou a construção do Porto de Mariel em Cuba ?

A maior bacia de gás do mundo está em Moçambique, com 80 TF, e a segunda maior, está no Paraná divisa com o Paraguai com 70 TF.

Esta bacia representa o fornecimento de gás para todos os Países da Europa, por 100 anos. Estranhamento, em 2012, a Dilma decretou área de proteção ambiental toda a área do Paraná.

Só para ter uma noção, essa  Bacia do Paraná e a que foi descoberta no Rio de Janeiro seria equivalente a toda a produção de gás do
Planeta inteiro.

Nós, trabalhando como burros de carga, para pagar uma carga tributária absurda, sem direito a nenhum serviço razoável e o PT enriquecendo os
outros Países.

Embora sem ter como confirmar a origem do texto e visando a colaborar com a elucidação de determinados tópicos o Presidente da Ecoamazônia, Prof. Dr. Jaime de Agostinho, apresenta as seguintes observações:

Prezados:

A matéria repassada por uma rede social merece muitos reparos:

1 – A primeira colocação está correta. Nosso presidente eleito tem razão em afirmar que Roraima deveria ser o mais rico do Brasil, mas os entraves institucionais estão congelando temporariamente isto, o que com certeza será modificado pelo novo Governo, evidentemente com o apoio do Congresso Nacional na aprovação da mineração em áreas indígenas, prevista pela Constituição Federal.

2 – Quem transformou quase 50% de Roraima em área indígena foram algumas ONGs estrangeiras, apoiadas por países tais como Noruega, Holanda e Inglaterra,  pela Igreja Católica progressista, pela Associação Brasileira de Antropologia, que domina totalmente a FUNAI, que nada mais é do que uma fundação e não deveria ter todo este poder mantida e apoiada pelo PT e PSDB que promoveram  em todos os seus  (des)governos a homologação de um sem número de terras indígenas, principalmente em Roraima.

3 – Existe um equívoco em afirmar que as jazidas de petróleo da Venezuela tem ligação com os potenciais de gás e petróleo em Roraima. Existe uma separação geológica  bem clara  entre as bacias petrolíferas da Venezuela e a bacia do Tacutu que abrange partes de Roraima e da Guyana.  Nesta região a Petrobrás  perfurou, na década de 70, 3 poços na região da Serra do Tucano, município de Bonfim,  tendo achado bons indícios de gás, sendo que a Petrobrás imediatamente e  inexplicavelmente  após esta descoberta retirou as sondas e as enviou para Autazes no Amazonas. A Petrobrás nunca colocou esta área nos lotes de contrato de risco e não sabemos para que ou quem está reservando esta região. Na vizinha Guyana já foi descoberto petróleo e gás pela empresa canadense Homeoil a mais de 20 anos atrás, tendo instalado na localidade de Miritizeiro, a poucos quilômetros de Roraima uma “arvore de natal” equipamento pronto para escoar a produção. Outra empresa a GroundStar está em intensa atividade de prospecção e sondagem na Guyana na área de Lethem junto à nossa fronteira.

4 – Existem grandes indícios da ocorrência de nióbio em Roraima mas nenhuma jazida conhecida , pelo menos oficialmente. A maior reserva de nióbio do Brasil e do mundo está localizada no Estado do Amazonas, no morro dos seis lagos devidamente protegida (ou reservada para algum grupo) por três dispositivos legais : Terra indígena Ianomami, parque nacional do pico da neblina e pela estação ecológica estadual dos seis lagos. Outra jazida em franca exploração (ou espoliação do patrimônio nacional) localiza-se em Araxá MG, dando a somatória das duas áreas o  título do   Brasil   ter em seu território  98% da reservas mundiais do nióbio, que é o mineral mais estratégico no momento para as grandes potências, e vendido a preço de banana para o mercado consumidor com a ajuda de um grande grupo entreguista  dito nacional.  Acreditamos ser lenda o tão propalado contrabando de nióbio na rota Roraima, Venezuela, Cuba, Rússia e China sempre presente nas redes sociais. A construção do porto de Mariel parece que foi para aumentar mais as propinas vindos das empreiteiras ” nacionais”  para a manutenção do poder pelos partidos de esquerda, em minha opinião nada mais isto, já que Cuba vai utilizar o porto para que uso ? Só Deus sabe.

5 – Desconheço o decreto da Dilma tornando o Paraná como área de proteção ambiental. Se alguém tiver informação concreta gostaria de saber.

Não sei quem foi o autor das informações  referentes ao E-mail Riqueza de Roraima, mas gostaria  de ter sua manifestação sobre o que coloquei acima

Um grande e fraternal abraço a todos

Prof. Dr. Jaime de Agostinho  ( jaimeagostinho@hotmail.com )

Professor Titular da Universidade Federal de Roraima

Presidente da ONG – Fundação para o Ecodesenvolvimento da Amazônia – Ecoamazonia  (www.ecoamazonia.org.br)

Patriota !!!