AM – Amazônia: Forças Armadas ampliam atuação na região da ‘Cabeça do Cachorro’

O Portal Amazônia – http://www.portalamazonia.com.br/ – publicou matéria sobre a atuação das Foraças Armadas brasileiras  na região conhecida como “Cabeça do Cachorro”, com destaque para as condições de São Gabriel da Cachoeira/AM, pois, segundo a reportagem: a cidade possui problemas de infraestrutura, comunicação e transporte”. Leia mais »

AC – Situação continua indefinida na fronteira do Brasil com a Bolívia – complemento –

Exército desloca pelotão de Brasileia para zona de conflito em Capixaba

O Exército deslocou ainda no final do dia de ontem todo o Pelotão de Fronteira de Brasileia para garantir a segurança dos brasileiros na zona de fronteira entre Capixaba e a Bolívia, palco de conflitos entre militares bolivianos e produtores rurais do Acre. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa, o pelotão é formado por ao menos 35 homens.

Além deste efetivo, um capitão da 17º Brigada de Infantaria, em Porto Velho, foi destacado para realizar sindicância na região. A denúncia é de invasão por parte de veículos militares da Bolívia em território brasileiro, além de outras arbitrariedades cometidas.

FONTE: http://www.agazeta.net/plantao/noticias/10522-exercito-desloca-pelotao-de-brasileia-para-zona-de-conflito-em-capixaba-.html

AC – Situação continua indefinida na fronteira do Brasil com a Bolívia

O exército boliviano entrou em território brasileiro em missão militar para retirada das famílias de seringueiros do Acre. Não se sabe ao certo quantos soldados cumprem a missão. Houve momentos de tensão entre soldados e trabalhadores extrativistas. Leia mais »

Índios lutam por direito a consulta prévia sobre obras em sua região

Em discussão em vários países da América Latina, a regulamentação de uma convenção internacional que determina consulta a povos indígenas quanto a obras ou políticas que possam afetá-los é um dos principais pontos aglutinadores dos índios da região.

Aprovada em 1989 e ratificada ao longo dos 20 anos seguintes por boa parte dos países latino-americanos (o Brasil o fez em 2002), a Convenção 169 da Organização do Trabalho (OIT) é tida como um dos principais trunfos dos movimentos indígenas em suas disputas com os Estados nacionais. Leia mais »

Denuncian que el Gobierno entregó concesiones mineras a brasileños en una TCO

El presidente de la TCO (Tierras Comunitarias de Origen) Multiétnico II del departamento de Pando, Francisco Hilcha, denunció que el gobierno del presidente Evo Morales entregó concesiones mineras a empresas brasileras para explotar el oro de su territorio sin previa consulta.  “Las concesiones ya se entregaron hace cinco años. Trabajan sacando oro las empresas brasileñas y nacionales (…) entran las balsas por el río, afectando a las comunidades de los pueblos indígenas  Multiétnico dos”, señaló Hilcha a la Agencia de Noticias Indígenas de Erbol.  Leia mais »

Na fronteira Brasil-Peru, índios se mobilizam contra obras binacionais

A anexação do Acre pelo Brasil em 1904 deixou em países distintos povos que habitavam uma mesma região. Mas a exploração econômica da área tem estimulado a aproximação entre esses grupos indígenas, em prol de uma estratégia comum na defesa de seus direitos.

Inaugurada em 2011 e batizada de Interoceânica, a rodovia que liga o noroeste brasileiro a portos peruanos no Pacífico foi construída com a promessa de desenvolver a região e é o carro-chefe de uma série de obras destinadas a ampliar a integração entre Brasil e Peru nos próximos anos. Leia mais »

Comandante militar da Amazônia: produção de cocaína pode chegar ao Brasil

A plantação de coca no Peru já chegou a áreas baixas e úmidas da Amazônia e poderá em breve chegar ao Brasil. O alerta foi feito nesta segunda-feira (24) pelo comandante militar da Amazônia, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, durante audiência pública promovida pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), a respeito do tema “Vigilância de Fronteiras – organização, distribuição espacial na Amazônia e no sul do país”.

Leia mais »

Brasil e Colômbia assinam acordo para combater criminalidade na fronteira

Brasil e Colômbia assinam, no dia 5 de agosto, um acordo de operações conjuntas contra a criminalidade na fronteira. A informação foi divulgada hoje (22) pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim.

A assinatura do acordo faz parte do Plano Estratégico de Fronteiras, lançado pelo governo federal no início de junho, que tem por objetivo unir as polícias e as Forças Armadas no combate ao crime transnacional.

Leia mais »

Haitianos vivem rotina de fome, falta de espaço e desilusão na Amazônia

O fluxo de imigrantes mudou a rotina de Tabatinga (AM), localizada na fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia. Vários grupos de até dez haitianos passam a manhã caminhando pelas ruas da região central se oferecendo para fazer bicos em troca de alguns trocados ou até de um prato de comida. Poucos têm sucesso.

Edeline desabafa “aqui é pior que o Haiti”; sonho de haitianos é viajar para Manaus

Leia mais »