Planta nativa da Amazônia inibe em 80% a malária

29 de julho de 2011  - Eduardo Dantas

É o que aponta pesquisas feitas com o extrato da espécie Caferana. Atualmente a Amazônia é responsável por 99% dos casos de malária ocorridos no Brasil

A realização de testes com o extrato de uma planta amazônica, conhecida como Caferana, estuda o fato dela inibir em até 80% os efeitos da malária. É o que aponta a pesquisa ‘Estudo in vitro da atividade antimalárica de extratos e frações dos frutos de Picrolemma Sprucei’, apresentada na segunda-feira, 25 de julho, no Congresso de Iniciação Científica da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD).

Leia mais »